Archipo.Wilson. Tecnologia do Blogger.

domingo, dezembro 23, 2007

3G chega ao AM até junho de 2008


Cláudia do Valle
Da equipe de A CRÍTICA
Se depender da velocidade do mercado de telecomunicações e da expectativa dos clientes, em menos de seis meses, segundo analistas, as operadoras Vivo, Tim, Oi e Claro (a estrear no Amazonas) estarão na terceira geração da telefonia móvel (3G), com tecnologia, redes e serviços novos para quem espera fazer mais do que ligações de um celular na Região Norte.

Na última semana, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) licitou as novas faixas para implantação da terceira era, na qual usuários de todo o Brasil terão acesso a maior velocidade no tráfego de dados pelo telefone e serviços de banda larga móvel, como TV de alta qualidade, jogos tridimensionais e downloads de músicas completas quase 20 vezes mais rápido do que o atual. Entre as novidades estão ainda os serviços de localização, videochamada, com transmissão de áudio e imagem, e jogos multiplayer em tempo real.

O Amazonas terá a cobertura das quatro operadoras, que ganharam o lote que cobre a Grande São Paulo, Amapá, Pará, Maranhão e Roraima. Para especialistas do mercado, haverá maior concorrência entre as empresas para estruturar melhor suas redes e oferecer uma gama mais ampla de produtos e pacotes de transmissão de dados mais velozes, aliando grandes volumes de informações a custos acessíveis. Hoje, mais de 260 operadoras no mundo já fazem uso do 3G.

O analista de sistema Marcelo Coutinho, 32, reforça o coro daqueles que esperam a tecnologia no primeiro semestre de 2008 em Manaus. "A maior vantagem da terceira geração é a velocidade, que aumenta o número de ferramentas de comunicação e aplicativos de qualidade", fala o líder de projetos da Fucapi.

Mas ao lado de tanta tecnologia vem o valor agregado: "Os aparelhos disponíveis para a terceira geração não saem por menos de R$ 1 mil. A concorrência vai ajudar a baixar os preços, assim como aumentará a migração entre as operadoras na busca de serviços", acredita Coutinho.

Em dois anos, todas as capitais dos Estados, o Distrito Federal e as cidades com mais de 500 mil habitantes terão cobertura total (80% da área urbana) para serviços de banda sem fio. A cobertura será estendida nos próximos oito anos para mais de 3,8 mil municípios brasileiros, atingindo milhões de clientes. Até setembro, a Anatel registrou 112,75 milhões de pessoas assinantes de telefonia celular no Brasil.

Justiça manda Coari dispensar temporários

Edição No. 2238 de 25/3/2009
A Juíza Titular da Vara do Trabalho de Coari, Mônica Silvestre Rodrigues, acolheu pedido do Ministério Público do Trabalho, condenando o Município de Coari e o atual prefeito, Adail Pinheiro, a procederem a substituição dos temporários irregulares até o dia 30.06.2008, por servidores aprovados em concurso.
O município de Coari mantém aproximadamente 5 mil trabalhadores em seus quadros funcionais, sendo que mais de 3 mil são contratados para executarem funções típicas de servidores da carreira, como agentes administrativos, agentes de saúde, gari, entre outros. Em alguns casos, os contratos, que deveriam ser temporários, já perduram mais de nove anos.
A magistrada ressaltou que a prefeitura se vale de uma lei municipal para fazer as contratações temporárias, desvirtuando, contudo, o seu sentido porque admite pessoal para quase todas as funções da municipalidade, não observando o que efetivamente seja necessidade excepcional. A sentença condena o município de Coari a anular os contratos de forma paulatina até 30 de junho de 2008. Tanto a prefeitura como o prefeito Adail Pinheiro também foram condenados a pagar R$ 150 mil, cada, a título de indenização à sociedade. Além disso, terão de pagar R$ 10 mil por contrato irregular renovado.

sexta-feira, dezembro 21, 2007

Frases 2007

"Por um personagem eu rasparia meus pêlos, mas teriam de me dar uma explicação muito boa para isso. Agora, depilar com cera, jamais." - Tony Ramos, em junho, fala sobre seus pêlos.

"Estamos cheias de rugas, pedindo a Deus que nos defenda da alta resolução. Renata Sorrah disse que vai trabalhar de burca." - Marília Pêra, em setembro, mostra preocupação com as imagens em alta definição.

"Ou ele chega perto de mim com a idéia de usar camisinha, ou não vai usar o meu corpinho também." - Xuxa, em outubro, garante que só faz sexo com o uso de preservativo.

"Só hipócritas ficam amigos de ex." - Murilo Benício, em novembro, prova que não tem relacionamentos amigáveis com as ex-mulheres.

"Se eu fosse homem, transava comigo." - Grazielli Massafera, em novembro, mostra um pouco do seu lado masculino.

"Quando eu faço reposição hormonal com testosterona, qualquer roçada no lençol pode resultar num orgasmo. Eu recomendo." - Marília Gabriela, em dezembro, revela seu truque para manter o apetite sexual.

"Já cheguei a ficar excitada em cena. Você fica horas ali, rolando para lá e para cá. Ninguém é de ferro." - Juliana Paes, também em janeiro, confessa que perdeu a concentração durante uma gravação.

"Meu médico me recomendou masturbação uma vez por dia. De vez em quando eu faço, mas cansa." - Em abril, Lady Francisco, símbolo sexual dos anos 70, jurou que não faz sexo há 22 anos.

Windows Live Messenger 9.0 PT-BR Download




Assim como as versões anteriores, o Windows Live Messenger 9 possui todos os recursos que você precisa para se comunicar por mensagem de texto, desenho, voz e vídeo.
Desta vez, o sucessor do MSN Messenger amplia os horizontes de personalização dos mensageiros instantâneos ao permitir que o usuário possa selecionar sons diferentes para as ações de cada amigo na sua lista de contatos.

Veja alguns dos novos recursos dessa versão:A novidade mais divertida é a possibilidade de personalização do áudio do seu mensageiro. Agora você poderá escolher seus sons favoritos (com até 5 segundos) para as seguintes ações: novas mensagens recebidas, novos e-mails recebidos, chamadas de voz ou vídeo e alertas dos seus amigos.

Cada um dos seus contatos pode ter sons diferentes, ou seja, você poderá selecionar segmentos da música que lembra o seu(a) amado(a) e ela tocará assim que ele entrar no MSN ou enviar uma mensagem. Também é possível escolher uma assinatura sonora para que todos os seus amigos a escutem quando você ficar online. O sistema suporta arquivos em MP3, WAV e WMA.Outro diferencial que chama atenção na nova versão é o suporte de imagens dos avatares: ele suporta imagens no formato GIF. Assim, você poderá colocar pequenas animações e montagens como sua imagem pessoal. Mas não se espante, os formatos antigos continuam funcionando normalmente.Por último, uma ferramenta muito útil que vai ajudar você a se livrar daqueles contatos que o adicionam somente para mandar propagandas e mensagens sem parar. Basta clicar com o botão direito sobre o contato e selecionar “Block and report as spammer” (Bloquear e reportar como spammer). Outra novidade é em relação as mensagens pessoais: elas permitem URLs clicáveis.


Hospedagem: Rapidshare
Tamanho: 18 MB



Iniciar Download

Windows XP Service Pack 3 RC1 (Já Disponível)



A Microsoft já disponibiliza o terceiro Service Pack para o Windows XP, Release Candidate. Aquela que se espera seja a última grande atualização para a versão do sistema operativo que antecedeu o Vista, já estava disponível mas apenas para usuários convidados.


Seis anos depois de ter sido lançado, o XP continua a concentrar uma larga fatia de usuários, embora a empresa aumente o nível de pressão para incentivar a migração para o Vista.


A empresa sublinha que só os utilizadores desta nova versão têm acesso às “mais recentes capacidades de gestão e segurança”.A atualização está disponível através do Microsoft Download Center. A versão definitiva do Windows XP SP3 deverá ser lançada na primeira metade de 2008.



  • Tam.: 336MB


Download direto da Microsoft Center

quinta-feira, dezembro 20, 2007

Poesia Resumo de Coari em 2007

Coari no ano de 2007
Archipo Wilson
Coari, a jóia preciosa do Solimões.
O sonho dourado dos velhos nobres.
A rica Iquiari é impulsionada pela pelas laranjas mecânicas.
Ela confidencia que o sonho da grande obra chegou.

Todo dia Coari tem cara de Sexta feira
A oscilação voltou e alinhou as engrenagens
Nas noites não há mais calçadas...
À noite as meninas nos bares vendem sua hospitalidade.

O terceiro poder descompassa, desafina
É cego, é humano, é desumano... Ele também erra
É fácil cometer erro contando, contabilizando...

Nossa Cidade está cheia, e nós vazios
As ruas quentes e nossas casas são frias.
Estamos enjoados da culinária italiana.

As Mulheres Celtas

As mulheres de origem Celta eram criadas tão livremente quanto os homens, A elas era dado o direito de escolherem seus parceiros e nunca poderiam ser forçadas a uma relação que não queriam. Eram ensinadas a trabalhar para que pudessem garantir seu sustento, bem como eram excelentes amantes, donas de casas e mães.
A primeira lição era:
Ama teu homem e o segue, mas somente se ambos representarem um para o outro o que a Deusa Mãe ensinou:
Amor, companheirismo e amizade.”
Jamais permita . . .
Jamais permita que algum homem a escravize: você nasceu livre para amar,e não para ser escrava.
Jamais permita que o seu coração sofra em nome do amor. Amar é um ato de felicidade, por que sofrer?
Jamais permita que seus olhos derramem lágrimas por alguém que nunca fará você sorrir!
Jamais permita que o uso de seu próprio corpo seja cerceado. Saiba que o corpo é a moradia do espírito, por que mantê-lo aprisionado?
Jamais se permita ficar horas esperando por alguém que nunca virá, mesmo tendo prometido!
Jamais permita que o seu nome seja pronunciado em vão por um homem cujo nome você sequer sabe!
Jamais permita que o seu tempo seja desperdiçado com alguém que nunca terá tempo para você!
Jamais permita ouvir gritos em seus ouvidos. O Amor é o único que pode falar mais alto!
Jamais permita que paixões desenfreadas transportem você de um mundo real para outro que nunca existiu!
Jamais permita que os outros sonhos se misturem aos seus, fazendo-os virar um grande pesadelo!
Jamais acredite que alguém possa voltar quando nunca esteve presente!
Jamais permita que seu útero gere um filho que nunca terá um pai!
Jamais permita viver na dependência de um homem como se você tivesse nascido inválida!
Jamais se ponha linda e maravilhosa a fim de esperar por um homem que não tenha olhos para admirá-la!
Jamais permita que seus pés caminhem em direção a um homem que só vive fugindo de você!
Jamais permita que a dor, a tristeza, a solidão, o ódio, o ressentimento, o ciúme, o remorso e tudo aquilo que possa tirar o brilho dos seus olhos, a dominem, fazendo arrefecer a força que existe dentro de você!
E, sobretudo, jamais permita que você mesma perca a dignidade de ser MULHER!!!

segunda-feira, dezembro 17, 2007

Festa do Gás e 1º ExpoCoari atraem 40 mil pessoas


A realização da 3ª Festa do Gás e da 1ª ExpoCoari 2007 superou as expectativas dos organizadores e conseguiu atrair um bom público nos três dias de evento que terminou ontem, com a presença de mais de 40 mil pessoas somente nos shows realizados à noite nas duas primeiras noites segundo a Polícia Militar.

Segundo o prefeito Adail Pinheiro, o principal objetivo do evento foi atrair investidores para o município e dessa forma consolidar Coari como um dos maiores pólos de desenvolvimento do interior. O orçamento de 2006, que foi de R$ 115 milhões, por exemplo, passou para mais de R$ 168 milhões em 2007, segundo dados da Secretaria Estadual de Planejamento.

Um dos pontos altos da festa, que na última noite contou com a apresentação da dupla nacional, Bruno & Marrone, foi a realização da 1ªExpoCoari que por meio das secretarias e escolas do município realizou uma das maiores feiras de produtos e serviços já realizada na cidade para mostrar as potencialidades econômicas assim como o processo de desenvolvimento sofrido pela cidade a partir dos investimentos provenientes do gás natural.

Entre os estandes com maior destaque estiveram o da Secretaria de Economia, Finanças e Planejamento, que expôs os serviços disponíveis no município para a formalização e implementação de novos negócios, a Secretaria de Infra-Estrutura Rural com os produtos que, junto com o gás natural, aquecem a economia do município como o cacau, banana, guaraná, farinha etc. Já a Secretaria Municipal de Indústria , Gás e Petróleo que mostrou aos visitantes a origem do que hoje é a principal fonte de renda da cidade, o gás natural, com uma exposição mostrando a era dos dinossauros retratando a história do petróleo.

Segundo dados que ainda estão sendo organizados pela Secretaria de Planejamento, os setores do comércio e hotelaria foram os que mais cresceram, principalmente em virtude da construção do gasoduto Coari/Manaus.

Segundo a assessoria da prefeitura, como resultado da arrecadação, os 11 bairros estão urbanizados com 100 quilômetros de ruas asfaltadas, seis quilômetros de canteiros centrais e mais 50 quilômetros com áreas para pedestres.

quinta-feira, dezembro 13, 2007

terça-feira, dezembro 04, 2007

Justiça Federal anula sentença contra Adail

Aristide Furtado
Especial para A CRÍTICA

Dois dos três membros da Quarta Turma do Tribunal Regional Federal da Primeira Região, em Brasília, votaram ontem pela anulação da sentença da Justiça Federal do Amazonas, que condenou o prefeito de Coari, Adail Pinheiro (PMDB) por improbidade administrativa. A condenação, ocorrida no dia 15 de janeiro deste ano, determinava a devolução de R$ 45,1 milhões aos cofres da Previdência Social, pagamento de multa de R$ 10 milhões e a perda dos direitos políticos por oito anos.

O relator da Apelação Cível movida por Adail Pinheiro, o juiz federal convocado Ney Barros Bello, emitiu parecer favorável ao cancelamento da decisão do juiz federal Ricardo Augusto de Sales, da 2ª Vara da Seção Judiciária do Amazonas. O voto dele foi seguido pelo juiz federal Rafael Soares Pinto. Pedido de vistas apresentado pelo presidente do colegiado, desembargador Mário César Ribeiro, suspendeu o julgamento, que pode ser retomado na sessão de hoje.

Ney Bello entendeu que não há provas de que o prefeito cometeu improbidade administrativa. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), Adail Pinheiro contratou, em 2001, cinco mil servidores temporários sem concurso. Fez descontos das contribuições previdenciárias nos contra-cheques, mas não repassou a verba ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

"A corte entendeu que não existem provas de que Adail se apropriou do dinheiro. Não há crime de improbidade Administrativa", disse o advogado de Adail, José Fernandes Júnior. Para ele, se alguém cometeu alguma irregularidade, foi o INSS, a quem cabia à fiscalização do recolhimento das contribuições. "O INSS poderia entrar com uma execução fiscal para apurar o caso", explicou Fernandes Júnior.

terça-feira, novembro 27, 2007

Plasma ou LCD? Escolha a sua nova TV!



Se não restam dúvidas de que o sonho de consumo do momento são as TVs gigantes e esbeltas que todos querem pendurar na parede da sala para ver a novela, os jogos de futebol ou um filminho pra lá de especial, a grande pergunta passa a ser qual delas comprar. A questão principal, quase existencial, é: plasma ou LCD? Você sabe as diferenças entre uma e outra tecnologia de telas? Não se preocupe.


Qual é a diferença?


Tecnicamente, a diferença fundamental entre os dois tipos de tela é que as de plasma emitem luz individualmente em cada ponto da tela, graças a “células” de gás neon e xenônio, enquanto o brilho de uma TV de LCD depende do famoso “backlight”, uma fonte de iluminação posicionada atrás da tela e que consome mais energia que o próprio painel. Quem tem um Palm ou equivalente sabe o que é isso: sem o backlight, o LCD torna-se bem difícil de enxergar.

Em ambos os casos, cada pontinho da tela, ou pixel (contração de picture element, como nas fotos digitais), é composto por três “subpixels” agrupados: um vermelho, um verde e um azul, as componentes do sistema RGB (red, green, blue). Nos LCDs, o cristal líquido que lhe dá o nome (LCD=Liquid Crystal Display) controla a passagem de luz – ambiente, nos reflexivos, do backlight, nos transmissivos, e ambas, nos transflectivos – em cada um dos subpixels.


Tá, entendi, mas em qual eu coloco meu dinheiro?


Depende. No estado atual de desenvolvimento, cada tecnologia tem prós e contras bem definidos. O LCD pode ser mais econômico no longo prazo. Primeiro, porque consome menos energia do que o plasma – a diferença entre um LCD de 40 polegadas e um plasma de 42 pode chegar a 26%, segundo testes realizados pelo site especializado Call for Help. O curioso é que a diferença varia de acordo com a imagem, pois o LCD tem consumo constante enquanto o plasma gasta mais para exibir cenas claras do que para as escuras.

Mas o mais grave nem é isso: o plasma tem manutenção mais cara e está sujeito ao temido efeito “burn-in”, que pode “queimar” na tela imagens estáticas exibidas por muito tempo, como as logomarcas das emissoras de TV ou a interface gráfica dos games, para quem joga na TV. Os plasmas mais novos têm recursos para reduzir o problema, seja deslocando levemente essas imagens de tempos em tempos ou acionando freqüentemente um protetor de tela, seja por meio de um comando que pinta a tela toda de cores sólidas para “limpar” as sujeiras deixadas pela programação normal.
Qualidade da imagem também divide opiniões

O plasma recupera a vantagem no quesito ângulo de visão. Como sabe qualquer um que já tenha tentado bisbilhotar o trabalho de um companheiro de viagem de avião no notebook dele, olhar para uma tela de LCD em diagonal não dá resultados muito bons. Para um monitor de computador isso não importa tanto, pois costumamos estar diretamente à frente dele. Já numa TV, que deve ser vista por gente nas duas pontas do sofá, isso pode se tornar um problema. Os LCDs modernos melhoraram muito, mas é bom conferir o ângulo de visão nas especificações ou numa loja antes de comprar.

á quando o assunto é resolução, a definição das imagens na tela, a vantagem passa para os LCDs. Sua tecnologia, a mesma dos monitores de computador (os fininhos, claro), é capaz de exibir muito mais pontinhos e com maior precisão. Em parte por conta disso, as TVs de LCD atualmente disponíveis são quase todas prontas para a televisão de alta-definição (HDTV), enquanto os plasmas mais baratos, por mais que se digam “preparados para HDTV” não são capazes de atingir a resolução que as transmissões do futuro prevêem. Em muitos casos, “preparados” significa apenas que conseguirão converter os sinais de HDTV para a resolução (inferior) que conseguem exibir. E você não vai querer trocar de TV de novo antes da próxima Copa, vai?

COMO DESATIVAR OS RECURSOS INÚTEIS DO XP


O Windows XP tem dezenas de tralhas embutidas que não servem para nada.

Aqui te ensino a desativar as 10 mais xexelentas:

1 - Remover programas embutidos:
Edite o arquivo \windows\inf\SYSOC.INF, removendo todas as ocorrências da palavras 'hide' ou 'HIDE'.

Por exemplo, a linha
MSWordPad=ocgen.dll,OcEntry,wordpad.inf,HIDE,7
fica assim:
MSWordPad=ocgen.dll,OcEntry,wordpad.inf,,7

Depois, basta ir no Painel de Controle > Adicionar/Remover Programas > Adicionar/Remover Componentes do Windows e remover o que quiser.

2 - Remover 'Minhas pastas de compartilhamento':
Via RegEdit procure pela expressão DelegateFolders e apague a pasta.

3 - Desinstalar Windows Messenger:
Copie e cole o comando abaixo em iniciar / executar:
RunDll32 advpack.dll,LaunchINFSection %windir%\INF\msmsgs.inf,BLC.Remove

4 - Desinstalar Netmeeting:
Copie e cole o comando abaixo em iniciar / executar:
RunDll32 advpack.dll,LaunchINFSection %windir%\inf\msnetmtg.inf,NetMtg.Remove

5 - Desativar suporte nativo a arquivos zip:
Para desativar, em Iniciar / Executar digite:
regsvr32 /u %windir%\system32\zipfldr.dll

Para reativar, em Iniciar / Executar digite:
regsvr32 %windir%\system32\zipfldr.dll

6 - Desativar reprodução automática de CDs/DVDs
Em Iniciar / Executar e digite gpedit.msc. Em Configuração do Computador / Modelos Administrativos / Sistema. Dê um duplo-clique sobre “Desabilitar reprodução automática” e selecione Ativar.

7 - Restaurar Ícone 'Mostrar área de trabalho':
Escreva o seguinte script no bloco de notas:

[Shell]
Command=2
IconFile=explorer.exe,3
[Taskbar]
Command=ToggleDesktop

Salve o arquivo como "desktop.scf" na pasta C:\Windows e crie o atalho onde quiser.

8 - Desativar balões de aviso:
Na chave HKEY_CURRENT_USER / Software / Microsoft / Windows / CurrentVersion / Explorer / Advanced. Clique no menu Editar, vá em Novo / Valor DWORD, digite EnableBalloonTips e pressione Enter em seu teclado. Se já houver essa variável ali, altere o seu valor para 0 (zero).

9 - Desativar visualizador de imagens:
O Windows XP possui seu próprio visualizador de imagens e fax, que sempre se sobrepõe a outro qualquer que for instalado. Para desabilitá-lo, vá em Iniciar > Executar e digite:
regsvr32 /u shimgvw.dll

10 - Desativar assistente de pesquisa:
Na chave HKEY_CURRENT_USER \ Software \ Microsoft \ Windows \ CurrentVersion \ Explorer \ CabinetState crie um 'valor da sequencia' com o nome 'Use Search Asst' e o valor 'no'.

domingo, novembro 18, 2007

Juíza manda prender 9 guardas


A juíza substituta da 1ª Vara da Comarca de Coari, Sheila Jordana de Salles, determinou, ontem, o mandado de prisão provisória de nove guardas municipais do município de Coari (a 363 quilômetros de Manaus), suspeitos de envolvimento no assassinato do comerciário Eliney Ferreira Mendes.

Eliney foi encontrado morto, no dia 10, deste mês, em Coari, com sinais de enforcamento e teve ainda o corpo carbonizado. O comerciário respondia pelo crime de homicídio de um guarda municipal e estava foragido, segundo informou o delegado da 10ª Delegacia Regional (DR) do município, Oswaldo Maia.

O delegado não informou os nomes completos dos guardas municipais que receberam mandados de prisão, porque, segundo ele, essas informações podem prejudicar a investigações. Ele citou somente os primeiros nomes de cinco guardas: ‘Ildo’, ‘Abdiel’, ‘Adriano’, ‘Cícero’ e ‘Geraldo’.

A juíza determinou também mandados de busca e apreensão contra os guardas municipais. Dentro da casa deles, foram encontrados equipamentos da extinta corporação da Guarda Municipal de Coari, o ‘Comando Delta’.

De acordo com Oswaldo, a juíza emitiu os mandados de prisão provisória com base no relato de testemunhas que informaram terem vistos os nove guardas se passarem por polícia e procurarem por Eliney.

Fonte: Diário do Amazonas
Data: 18/11/2007

sexta-feira, novembro 16, 2007

Quem é vc na Tropa de Elite ?

Quem é o melhor?

Quem é o melhor?
Macgyver, Jack Bauer, ou Cap. Nascimento?


Um dia quiseram ver quem era o melhor: Macgyver, Jack Bauer, ou Cap. Nascimento.
Chegaram pro Macgyver e falaram: A gente soltou um coelho nessa floresta. Encontre mais rapido que os outros e você será considerado o melhor!
Magayver pegou uma moeda de 5 centavos no chao, um graveto e uma pedra e entrou na floresta. Demorou 2 dias pra construir um detector de coelhos na floresta e voltou no 3o dia com o coelho.

Dai chegaram pro Jack Bauer e falaram a mesma coisa. Ele entrou correndo na floresta e 24 horas depois apareceu com o coelho. Pediu desculpas porque teve q desarmar 5 bombas nucleares, recuperar 15 armas quimicas, escapar de um navio cargueiro que ia pra china e matar 100 terroristas pra chegar ate o coelho.

Dai pediram para o Cap. Nascimento ir buscar o coellho. Se ele demorasse menos de 24 horas ele seria o melhor. No que ele respondeu:
- Ta de sacanagem comigo 05? Ce ta de sacanagem comigo ? Você acha que eu tenho um dia inteiro pra perder com essa porra de brincadeira 05 ? Tu eh mo-le-que! MO-LE-QUE 05!!! virou-se calmamente para a floresta e gritou:
- Pede pra sair!!! Pede pra sair cambada!!!
Em menos de 5 segundos ja tinha saido da floresta: 300 coelhos, 20 jaguatiricas, 50 jacares, 1000 paca-tatu-cotia-nao, o Shrek e o monstro fumaça do Lost.
Dai ele gritou:
- 02, tem gente com medinho de sair da floresta, 02!
- 07, traz a 12!
Nisso sai o Bin laden correndo da floresta !!!

quarta-feira, novembro 07, 2007

Pedido de vistas adia para hoje o julgamento do prefeito de Coari

O julgamento da Ação de Investigação Judicial Eleitoral contra o prefeito de Coari, Adail Pinheiro, e o vice dele, Rodrigo Alves, ambos do PP, por abuso do poder econômico nas eleições do ano passado foi adiado por novo pedido de vistas, desta vez do jurista Thales Silvestre Júnior. O julgamento foi iniciado no dia 10 de outubro, quando o relator do processo, o também jurista Francisco Maciel do Nascimento, proferiu voto contra a ação do Ministério Público Eleitoral, e pediu o arquivamento do processo.

Na ocasião, houve dois pedidos de vistas, um do juiz federal Antônio Francisco do Nascimento e outro da juíza Joana Meirelles. O julgamento foi retomado ontem. Antônio Francisco votou contra o relator e pela condenação de Adail Pinheiro e Rodrigo Alves. Joana Meirelles adiantou o voto, que deveria ser proferido hoje, e também pediu a condenação do prefeito e do vice-prefeito de Coari, com a pena de inelegibilidade por três anos, a contar da eleição de 2006.

Com o placar de 2 a 1, faltava apenas o voto de Thales Silvestre, uma vez que o corregedor Ari Jorge Moutinho da Costa declarou-se impedido e o juiz Elci Simões faltara à sessão por problema de saúde. Thales Silvestre tinha a opção de votar com o relator e deixar a decisão para o presidente do TRE-AM, desembargador Jovaldo dos Santos Aguiar, que tem o voto de minerva, ou votar com o Ministério Público e condenar Adail e Rodrigo. Preferiu adiar o julgamento. Ele deve proferir o voto na sessão de hoje, às 16h30.

Adail Pinheiro, Rodrigo Alves e o vereador de Manaus Ari Moutinho (PMDB), os dois últimos candidatos nas eleições 2006, foram abordados pela Polícia Federal no aeroporto de Tefé (a 523 quilômetros de Manaus) no dia 28 de setembro, três dias antes do primeiro turno das eleições, com R$ 212.550. O dinheiro estava em duas malas e foi apreendido pela PF. A ação policial resultou de denúncia de um funcionário do cartório eleitoral de que os candidatos chegariam na cidade com dinheiro para ser distribuído durante comício. Rodrigo Alves sustentou que o dinheiro era dele e disse que fora doado por duas empresas que prestavam serviços à Prefeitura de Coari e o destino seria o pagamento de despesas de campanha.

O Ministério Público Eleitoral (MPE) sustentou, na ação, que, mesmo com a apreensão do dinheiro, ficou caracterizado o abuso do poder econômico. Adail, apesar de não ser candidato, aparece como réu na ação porque fez o pagamento às empresas doadoras um dia antes da viagem deles a Tefé. De acordo com o MPE, o pagamento foi articulado para que as empresas repassassem o dinheiro ao candidato. Moutinho foi excluído do processo por falta de provas.

quarta-feira, outubro 31, 2007

Petrobras fará investimento de R$ 3 bilhões no Amazonas

Terezinha Patrícia
Da equipe de A CRÍTICA

A área de exploração e produção da Petrobras vai investir, nos próximos cinco anos, R$ 3 bilhões no Amazonas para a perfuração de novos poços, construção de novas unidades de produção em Coari (a 370 quilômetros de Manaus) e na reserva de gás de Silves (a 200 quilômetros de Manaus). O início da produção em Silves, já em 2009, está dependendo de acertos, que incluem a construção de uma termelétrica no município.

Os investimentos se justificam porque a empresa acredita no potencial da região, diz o gerente geral da Área de Exploração e Produção da Unidade de Negócios da Bacia do Solimões (UNBSOL), Joelson Mendes, completando que as bacias do Amazonas e do Solimões são muito grandes e pouco exploradas. Mendes participou ontem à tarde do lançamento do Fórum Regional do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp), na sede da Petrobras, em Manaus, e disse que pelo volume de investimentos que a estatal está realizando, a intenção é desenvolver fornecedores locais de bens e serviços.

Presentes ao evento representantes de instituições empresariais como a Federação das Indústrias do Amazonas e de ensino e pesquisa como a Universidade Federal do Amazonas, Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet) e secretarias estaduais de Educação e de Ciência e Tecnologia e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

O Prominp já instalou fóruns em nove Estados nas regiões Nordeste, Sul e Sudeste do País e agora chegou ao Amazonas. Entre os objetivos dos fóruns estão incentivar o fornecimento de bens e serviços pela indústria local e inserir pequenas e micro empresas na cadeia de petróleo e gás natural. Para dar uma idéia das oportunidades abertas pelo Prominp, o coordenador executivo nacional do programa, Victor Lisboa, diz que no Rio Grande do Norte, pequenos produtores que já trabalhavam com a fibra do babaçu, tornaram-se fornecedores do produto que é utilizado pela Petrobras como isolante térmico de tubos de gasoduto. As oportunidades para as empresas do Amazonas fornecerem para a Refinaria de Manaus Isaac Sabá (Reman) e UNBSOL serão listadas num workshop que deve acontecer após o Carnaval de 2008.

domingo, outubro 28, 2007

Intervenção em Coari é descartada pelo TJA

André Alves
Da equipe de A CRÍTICA

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJA) considerou improcedente o pedido do Ministério Público Estadual (MPE) para intervenção no município de Coari (a 363 quilômetros de Manaus). A decisão foi tomada pelo Pleno do TJA, ontem de manhã. Todos os desembargadores presentes à sessão se posicionaram contrários ao pedido de intervenção.

A ação do MPE contra o prefeito de Coari, Adail Pinheiro (PP), iniciou em setembro, quando o órgão ministerial se convenceu de que ordens judiciais para a reintegração em cargos públicos de funcionários demitidos não eram cumpridas pela Prefeitura de Coari há pelo menos seis anos. Segundo o MP, a administração do município desafiou "reiteradamente" as ordens do Poder Judiciário.

Adail Pinheiro era acusado de descumprir ordem judicial para reintegrar às funções os servidores Élson Freitas, Maria Antônia Carvalho, Laelson Freitas, Edineide Balieiro e José Ribamar da Silva. O MP alegava que os servidores haviam sido demitidos "sem o devido processo legal".

O procurador do MPE, Mauro Campbell Marques, sustentava o pedido de intervenção com base em informações repassadas pela juíza da comarca de Coari, Ana Paula Braga, que ratificou o descumprimento das ordens. Ofícios enviados à Prefeitura do município e aos funcionários demitidos também embasaram a solicitação do MP.

Tomada de posse
Segundo o desembargador Francisco Auzier, relator do caso, diligência feita pela comarca de Coari no município, a pedido do TJA, constatou que as decisões judiciais haviam sido cumpridas. "O caso em exame não merece prosperar. Não há necessidade de intervenção", sentenciou Francisco Auzier.

O advogado do município de Coari, Francisco Balieiro, que se manifestou durante o julgamento do processo, ontem, garantiu, com base em decretos assinados por Adail Pinheiro, e distribuídos aos desembargadores, que os cinco funcionários - autores dos processos contra o prefeito -, já haviam sido chamados a assumirem suas funções, e se recusavam a tomar posse dos cargos.

Balieiro mostrou aos magistrados declaração expedida pelo Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet/AM) que atesta que Élson Freitas, um dos servidores que se queixava do descumprimento de ordens judiciais para ser reempossado, é funcionário da instituição, em Manaus, desde 2 de fevereiro de 2007. Ele ocupa o cargo de assistente de administração, em regime de quarenta horas semanais (das 7h às 11h e das 13h às 17h). "Por essa razão ele se furtava a receber as ordens de serviço", disse Francisco Balieiro.

Élson Freitas contestou o argumento. Ele admitiu que é servidor do Cefet e justificou que não assumiu seu posto de trabalho, em Coari, porque a Prefeitura tem usado de métodos fraudulentos para readmitir os servidores. "A intenção é ludibriar o tribunal. A Prefeitura sempre forjou documentos, inclusive o decreto de reintegração dos funcionários, que é datado de fevereiro e eles queriam que nós déssemos ciência ao documento em julho. Me recusei a assinar porque não queria dar suporte a essa fraude. Não vou assumir enquanto não houver legalidade nos atos da Prefeitura", disse ele.

sábado, outubro 27, 2007

Adail insiste em transferir domicílio eleitoral para Tefé

O prefeito de Coari, Adail Pinheiro, insiste em mudar seu domicílio eleitoral de Coari para Tefé, onde pretende ser candidato a prefeito nas próximas eleições. Ele teve o pedido de transferência negado pela juíza da 9ª Zona Eleitoral (comarca de Tefé), Sabrina Cumbra Ferreira, mas seu advogado, Jorge Fernandes Júnior, já afirmou que irá recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em Coari (a 363 quilômetros a sudoeste de Manaus), Adail já foi reeleito e não pode mais concorrer às eleições para prefeito.

Um dos argumentos usados pela juíza para indeferir o pedido de Adail foi o fato de ele ser o atual prefeito do município de Coari. Em sua decisão, Sabrina Cumbra considera impossível “que permaneça exercendo o cargo de prefeito em Coari e ao mesmo tempo seja domiciliado em outro município visando ser candidato a cargo eletivo, o que se verifica a tentativa de burlar à lei eleitoral”. Adail entrou com o pedido de transferência eleitoral no dia 4 de outubro.

Para fundamentar sua fixação domiciliar em Tefé, Adail Pinheiro apresentou atestado de ‘vida e residência’ assinado por duas testemunhas, que confirmaram que o prefeito de Coari está há mais de um ano morando em Tefé. Pinheiro ainda apresentou cópia de um contrato de locação de um apartamento localizado na rua Olavo Bilac, 83, bairro Centro, tendo como fiador um de seus assessores.

A juíza eleitoral de Tefé destacou em seu despacho a coincidência entre a data da locação do imóvel e o pedido de transferência de domicílio eleitoral. “O requerente (Adail Pinheiro) preparou o contrato de locação exatamente na data em que solicitou a transferência para obter um dos requisitos de elegibilidade que é o domicílio na circunscrição pelo menos um ano antes do pleito”, disse em sua argumentação. Cumbra classifica o fato como “revestido de um verniz para esconder a realidade”.

A juíza ainda destaca que o pedido de mudança de domicílio eleitoral de Adail Pinheiro de Coari para Tefé demonstra “a falta de compromisso” do prefeito para com os cidadãos que o elegeram.

Adail Pinheiro está em Brasília, segundo sua assessoria de imprensa, mas já foi notificado da decisão. De acordo com o advogado Jorge Fernandes, o prefeito vai recorrer até a próxima segunda-feira. “Não tenho a menor dúvida que vamos conseguir a aceitação da transferência do domicílio para Tefé. Se o TRE negar o pedido vamos ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) onde já existe jurisprudência para acatar nosso pedido”, assegura. Jorge Fernandes ainda garantiu que Adail Pinheiro tem ido constantemente a Tefé, onde nasceu e tem família. “Por si só, esse fato já se configura como domicílio”, disse.

Condenações

O prefeito Adail foi condenado no início deste ano pela Justiça Federal a devolver R$ 45 milhões aos cofres públicos em razão do não repasse de encargos trabalhistas ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), além de ser multado pela mesma instância em R$ 10 milhões. Em setembro, o prefeito também teve suas contas do ano de 2001 rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), sendo condenado a devolver aos cofres públicos R$ 7.566.167,34, além de ser multado em R$ 98.698,08. Ele também foi recentemente investigado pela Câmara de Coari pelo uso de notas fiscais ‘frias’ no valor de R$ 1,8 milhão para justificar gastos da prefeitura. A comissão que investigou Adail foi impedida de votar o relatório que pedia sua cassação por uma decisão judicial.

sexta-feira, outubro 26, 2007

Aprendi no Jardim de Infância...

TUDO O QUE HOJE PRECISO REALMENTE SABER,
APRENDI NO JARDIM DE INFÂNCIA...
(Pedro Bial)

Tudo o que hoje preciso realmente saber, sobre como viver, o que fazer e como ser, eu aprendi no jardim de infância.
A sabedoria não se encontrava no topo de um curso de pós-graduação, mas no montinho de areia da escola de todo dia.

Estas são as coisas que aprendi:

1. Compartilhe tudo;
2. Jogue dentro das regras;
3. Não bata nos outros;
4. Coloque as coisas de volta onde pegou;
5. Arrume sua bagunça;
6. Não pegue as coisas dos outros;
7. Peça desculpas quando machucar alguém; mas peça mesmo !!!
8. Lave as mãos antes de comer e agradeça a Deus antes de deitar;
9. Dê descarga; (esse é importante)
10. Biscoitos quentinhos e leite fazem bem para você;
11. Respeite o limite dos outros;
12. Leve uma vida equilibrada: aprenda um pouco, pense um pouco... desenhe... pinte... cante... dance... brinque... trabalhe um pouco todos os dias;
13. Tire uma soneca a tarde; (isso é muito bom)
14. Quando sair, cuidado com os carros;
15. Dê a mão e fique junto;
16. Repare nas maravilhas da vida;
17. O peixinho dourado, o hamster, o camundongo branco e até mesmo a sementinha no copinho plástico, todos morrem... nós também.

Pegue qualquer um desses itens, coloque-os em termos mais adultos e sofisticados e aplique-os à sua vida familiar, ao seu trabalho, ao seu governo, ao seu mundo e vai ver como ele é verdadeiro, claro e firme.
Pense como o mundo seria melhor se todos nós, no mundo todo, tivéssemos biscoitos e leite todos os dias por volta das três da tarde e pudéssemos nos deitar com um cobertorzinho para uma soneca. Ou se todos os governos tivessem como regra básica, devolver as coisas ao lugar em que elas se encontravam e arrumassem a bagunça ao sair.
Ao sair para o mundo é sempre melhor darmos as mãos e ficarmos juntos. É necessário abrir os olhos e perceber que as coisas boas estão dentro de nós, onde os sentimentos não precisam de motivos nem os desejos de razão.
"O importante é aproveitar o momento e aprender sua duração, pois a vida está nos olhos de quem souber ver"...
Pois penso que está na hora de muita gente acordar para vida onde muitos nem sabem porque estão aqui

quarta-feira, outubro 24, 2007

Links

Vamos aos links da semana:

FAÇA VOCÊ MESMO

Vídeo aulas muito interessantes...

Como fazer para abrir um cadeado com um clipe de papel
Como fazer nó em gravata
Como fazer sua vó gritar porra
Como fazer detergente
Como fazer um foguete com coca-cola e mentos
Como fazer xixi na rua
Como fazer pipoca doce
Como fazer um dragão de origami
Como fazer ovo no microondas
Como fazer uma criança morrer de rir
Como fazer panquecas
Como fazer uma pistola de cano de pvc
Como fazer uma camiseta
Como fazer caipirinha
Como fazer rabanada
Como fazer uma antena de Wifi mais potente
Como fazer lasanha
Como fazer o Moonwalk (Passo de dança do Michael Jackson)
Como fazer ovos mexidos
Como fazer tapioca
Como fazer brigadeiro
Como fazer uma trança
Como fazer chá de boldo
Como fazer um bauru original
Como fazer um desenho da monalisa no Paint
Como fazer miojo
Como fazer uma bomba de fumaça
Como fazer chimarrão
Como fazer um controle remoto de TV com uma lanterna
Como fazer bola de chiclete
Como fazer caipirinha
Como fazer um bebê parar de chorar
Como fazer um helicóptero de papel
Como fazer um peido de véia na escola
Como fazer queijo
Como fazer hamburguer

domingo, outubro 21, 2007

Questões sociais e de desenvolvimento se chocam no debate sobre exploração de petróleo no Acre

Elas [populações] serão diretamente afetadas e não sabemos ainda para onde serão levadas e como se dará a reparação a essas famílias”, diz a coordenadora do Grupo de Trabalho Amazônico (GTA) no Acre, Joci Aguiar.

Na região do Juruá, há 12 comunidades indígenas de várias etnias. A Constituição não permite sondagem para verificar a existência de petróleo em áreas indígenas, mas existem no Congresso propostas para regulamentar tais atividades.

De acordo com o coordenador do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) no Acre, Lindomar Padilha, os índios acreanos são contrários a essas propostas parlamentares. “Eles soltaram uma nota, no início do ano, contra a exploração de petróleo porque não acreditam que a renda gerada pelos prováveis royalties do petróleo compensem os danos”.

Além do documento, diz ele, há “toda consciência de que não é possível mais a humanidade usar combustíveis de origem fóssil em uma sociedade moderna porque eles emitem uma quantidade imensa de gases poluentes na atmosfera e está aí o problema do aquecimento global”.

Padilha diz que a comunidade indígena local discorda "totalmente" da idéia "por causa da experiência trágica que temos em Coari”, conta. Segundo ele, a iniciativa de explorar combustíveis fósseis na cidade amazonense causou vários danos ambientais. “Os dutos que tiveram de construir são como uma estrada aberta no meio da mata, que depois não pode ser reflorestada porque embaixo existem os tubos condutores”.

Já o deputado federal Marcelo Serafim (PSB-AM) prefere lembrar que a experiência em Coari “rendeu à prefeitura, só no ano passado, R$ 43 milhões”. Segundo ele, “o argumento de que isso poderá trazer danos ecológicos não procede. Temos em Coari uma riqueza extraordinária que hoje se encontra desenvolvida e próspera e isso tem sido fundamental para o estado do Amazonas”.

A geração de empregos, segundo Lindomar Padilha, não beneficiou a comunidade indígena de Coari. Em um primeiro momento, diz, os índios trabalharam na abertura de clareiras, "o que não precisa de profissionais muito qualificados”. Depois, “é exigido mão-de-obra qualificada, como um soldador ou um operador de máquinas. Aí, a mão-de-obra local já não serve mais e é dispensada”. Além disso, segundo ele, a contratação de profissionais de fora fez aumentar a exploração sexual.

MPE cria disque-nepotismo para receber as denúncias


O promotor da 56ª Promotoria de Justiça Especializada na Proteção e Defesa dos Direitos Constitucionais do Cidadão (56ª Prodedic) do Ministério Público Estadual (MPE), Edílson Martins, afirmou que propôs a criação do Disque-nepotismo dentro do serviço de atendimento telefônico do MPE. O serviço, segundo ele, vai receber denúncias da prática do nepotismo (contratação de parentes) em todos os setores da administração direta e indireta do governo estadual, da prefeitura e do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Segundo o promotor, com a criação do serviço, vai ficar mais fácil para o MPE investigar os casos de nepotismo na administração pública. As denúncias poderão ser feitas sem a identificação do denunciante e serão investigadas individualmente. “Há renitência dos poderes em prestarem informações sobre a contratação de parentes nas instituições”, disse. Segundo Martins, o MPE tem informações de que no TCE e em algumas secretarias do Estado existem muitos casos de nepotismo.

Martins afirmou que há dois meses, o MPE requisitou do governo estadual e do TCE a relação de parentes até o terceiro grau que trabalham sem serem concursados. Os órgãos tiveram dez dias para responder, mas não prestaram as informações. O promotor afirmou que as informações serão requisitadas novamente. A prefeitura, afirmou ele, está informando ao MPE sobre os casos de nepotismo.

Edílson Martins afirmou, ainda, que o MPE está investigando casos de nepotismo e contratações temporárias irregulares em todos os setores da administração direta e indireta do governo estadual, da prefeitura e do TCE. “Precisamos acabar com o condomínio de contracheques”, disse, referindo-se ao nepotismo. Ele afirmou que para cada servidor concursado no Estado, existe mais um contratado em regime temporário.

O promotor disse também que os mais prejudicados com a contratação de parentes e servidores temporários são os próprios trabalhadores. “Servidor sem estabilidade passa a ser subserviente”, afirmou. De acordo com Edílson Martins, as investigações do MPE não têm caráter político, nem perseguição ao trabalho das instituições públicas, mas ‘um saneamento para acabar com uma herança do coronelismo’.

Segundo Martins, o processo de criação do disque-nepotismo está em trâmite no MPE e ainda não tem data para ser instalado.

sábado, outubro 20, 2007

Sai Coari e entra Carauari




A Petrobras prepara uma campanha de perfuração de 23 poços petrolíferos na Amazônia. O programa faz parte da retomada dos investimentos na região e tem o objetivo de garantir o suprimento de gás natural a Manaus a partir de 2012.
Até lá, a capital do Amazonas será abastecida pelo Campo de Urucu, já em operação, que começa a entregar gás ao mercado no ano que vem. Até 2012, a estatal deve perfurar mais 492 poços exploratórios em todo o País.O retorno às reservas da Amazônia será iniciado com o desenvolvimento do pólo de gás de Juruá, na cidade de Carauari, a cerca de 200 quilômetros do Campo de Urucu, conforme antecipou o Estado.Maior reserva terrestre de gás do País, com cerca de 100 bilhões de metros cúbicos, Juruá foi descoberto em 1978, mas deixado de lado após a descoberta de Urucu, mais perto de Manaus e com reservas também de petróleo.O diretor de Exploração e Produção da Petrobras, Guilherme Estrella, explicou que Urucu só garante o contrato de fornecimento a Manaus até 2012. A estatal, no entanto, se comprometeu a entregar 5,5 milhões de metros cúbicos por dia à capital amazonense até 2028."O gás de Juruá vai complementar o contrato, depois que Urucu se exaurir", disse o executivo. Além de Juruá, o novo pólo conta com os campos de São Mateus e Jaraqui.A Petrobras trabalha ainda com a possibilidade de vender gás a Porto Velho (RO). O projeto está em análise pelo governo. Recentemente, a empresa adquiriu outras concessões exploratórias na Bacia do Solimões, onde é grande o potencial para reservas de gás.

Royalties para Coari

Advogado tributarista dos mais renomados do país, o santareno Helenilson Pontes foi contratado pela Prefeitura de Coari (AM) para cobrar na Justiça os royalties devido ao município, pela Petrobrás, por conta da exploração de gás natural naquele estado.

HP venceu o primeiro round desta batalha. O TJ (Tribunal de Justiça) do Amazonas concedeu liminar determinando que a empresa depositasse o valor devido - que alcança a casa dos milhões - judicialmente.

A decisão, no entanto, foi suspensa temporariamente.

Chalub inocenta magistrados em relatório

O relatório do presidente da comissão que investigou as fraudes na distribuição de 440 processos no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargador Domingos Jorge Chalub, inocentou os juízes e desembargadores do Estado de terem participado do esquema fraudulento.

No relatório de 23 páginas, apresentado ontem, o desembargador não apontou culpados. Ele disse que iria encaminhar o documento aos demais membros da comissão para análise dos magistrados. Chalub afirmou ainda que não é ‘dono da verdade’ e que pode voltar atrás no entendimento dele. “Os meus colegas podem ter outro entendimento”, ressaltou.

A fraude na distribuição de processos no TJAM foi descoberta em junho deste ano. As investigações, segundo o presidente do TJAM, Hosannah Florêncio de Menezes, começaram no dia 20 de maio. A auditoria feita para apurar as fraudes na distribuição automática dos processos do tribunal de Justiça ocorreu de 2002 a 2007.

De acordo com o desembargador Domingos Chalub, durante o período de investigações, ele não encontrou indícios ou provas que apontassem o envolvimento de magistrados.

Para ele, a ‘linha doutrinária e de jurisprudência’ de cada magistrado foi o que induziu a distribuição fraudulenta dos funcionários. “Eu, por exemplo, quando fiz parte da câmara criminal, sempre entendi que a liberdade é a regra, a prisão que é exceção. Tem outros que são mais rigorosos. Eles (os funcionários) devem ter se aproveitado disso, da linha de trabalho de cada um. Os magistrados não têm nada a ver com isso”, ressaltou Chalub.

O desembargador disse ainda que somente o inquérito policial e administrativo, depois de concluídos, vão poder apontar se os servidores e funcionários temporários tiveram participação no esquema. Ele ressaltou que no, mínimo, eles foram negligentes nas funções. “Eles tinham senhas que foram usadas por outras pessoas”, ressaltou.

O delegado Aluísio Celso Afonso Caldas, que investigou o esquema de fraude, afirmou no relatório do inquérito, que tem “convicção de que o sistema de distribuição foi alvo de manipulações perpetradas por todos quantos foram identificados no relatório da comissão de magistrados, servidores ou não, ainda que culposamente, uma vez que permitiram o uso de seus acessos privativos ao referido sistema de dados por terceiros”.

Lopes promete relatório do ‘Caso Coari’

Emerson Quaresma
Especial para A CRÍTICA

Sob protesto da deputada Vera Lúcia Castelo Branco (PTB), o presidente da comissão especial de acompanhamento do "Caso Coari", da Assembléia Legislativa do Estado (ALE), deputado Vicente Lopes (PMDB), prometeu para a próxima terça-feira (23), às 10h, na sala da presidência, discutir o parecer do relator da comissão, deputado Sabá Reis (PR), elaborado a partir da análise de documentos de órgãos que investigaram as contas do prefeito de Coari, Manoel Adail Pinheiro (PMDB).

Vera, que foi a autora da proposta que criou a comissão, no dia 13 agosto, vinha reclamando da inércia dos trabalhos da comissão. Segundo ela, Vicente Lopes havia lhe explicado, no início da semana, estar aguardando o relatório para dar prosseguimento aos trabalhos da comissão na Casa.
Segundo Vicente Lopes, Sabá Reis iria apresentar o relatório sobre o caso, ontem, mas chegaram à Assembléia Legislativa, durante essa semana, documentos da Controladoria-Geral da União (CGU). Com isso, Sabá teve que incluir detalhes do relatório da CGU no seu parecer, para depois levá-lo para apreciação dos demais membros da comissão. "O que posso adiantar é que os documentos analisados apresentam resultados muito graves contra o prefeito (Adail)", disse Vicente Lopes

quinta-feira, outubro 04, 2007

Site do Dia: Assustador

Se você não quer começar a semana passando mal, é melhor nem continuar a ler…
Fotos de anomalias, assassinatos, guerras, autópsias, supostos extra-terrestres e acidentes aéreos (inclusive o da TAM), ou seja, a reunião de tudo que há de mais fino e perfumado na internet!
Se a sua curiosidade é maior do que o seu bom senso, visite o site Assutador.

Expressões para buscar arquivos, mp3 e videos no Google

Semana passada eu disse que encontrei a trilha do espetáculo do Cirque Du Soleil usando expressões de busca no Google e muita gente me perguntou sobre essas expressões.
Essas expressões na verdade são parâmetros passados para o sisterma de buscas que informam onde e quais tipos de arquivos aquela busca deve retornar.
Quem trabalha com internet ou conhece um pouquinho do Apache (servidor web mais usado do mundo), sabe que expressões como “last modified”, “index of” e “parent directory” são encontradas em pastas do servidor disponíveis na web, quando não existe um arquivo index ou default para assumir a condição de documento principal.
Normalmente nestas pastas, os webmasters, usuários da máquina e administradores do sistema costumam guardar seus arquivos online e quando o diretório é indexado pelos bots de busca do Google, os arquivos são facilmente encontrados.
Vamos aos exemplos:
Para buscar músicas nos formatos mp3, wma e ogg, copie a expressão abaixo e cole no formulário de buscas do Google, colocando entre aspas o nome da banda ou da música:
intitle:index.of +”last modified” +”parent directory” +(mp3wmaogg) +”nome da banda ou música aqui” -htm -html -php -asp
Para buscar e-books em diferentes formatos, colocando entre aspas o nome do livro ou do autor:
-inurl:htm -inurl:html intitle:”index of” +(”/ebooks””/book”) +(chmpdfziptxtlit) +”nome do livro ou do autor“
Para buscar arquivos de video:
intitle:index.of +”last modified” +”parent directory” +(mpgwmvaviflv) +”nome do filme ou video” -htm -html -php -asp
Para buscar arquivos para celulares, como ringtones e videozinhos:
intitle:index.of +”last modified” +”parent directory” +(qcpmidm4amp4) +”nome do toque ou do video” -htm -html -php -asp
Essas expressões permitem diversos tipos de combinações, é só botar a cachola pra funcionar e montar a sua expressão customizada, de acordo com o que você está buscando.
Falando em buscas, você sabe o que o brasileiro mais procura na internet? Dê uma passada pela página de estatísticas de busca do Google no Brasil e confira as palavras mais procuradas. Lá é possível ver o histórico de buscas de todos os meses do ano.
Brasileiro busca cada coisa esquisita!

Excel 2007 não sabe fazer contas ?

David Gainer, um empregado da Microsoft, escreveu no blog da empresa que quando o Excel 2007 multiplica certos pares de números cujo resultado é 65.535, dá um erro e apresenta 100.000 como o resultado correto.
Isto acontece quando se multiplica 77,1 por 850; 10,2 por 6.425; e 20,4 por 3.212,5 mas não, curiosamente, quando se efetua a multiplicação de 16.383,75 por 4, cujo resultado é igualmente 65.535.
Um fenômeno semelhante passa-se com o número 65.536, adiantou Gainer, que também explicou que o problema não está na tabela de multiplicações do Excel, mas sim num erro na forma como os resultados são apresentados na tela.
Bem, se nem o povo da Microsoft está conseguindo fazer o negócio funcionar direito, é melhor usar uma daquelas calculadoras grandonas de padaria mesmo!
O seu salário é calculado no Excel? Fique esperto no fim do mês!

domingo, setembro 30, 2007

CGU rejeita defesa do prefeito de Coari

Antonio Paulo
da equipe de A CRÍTICA

A Controladoria-Geral da União (CGU) rejeitou quase a totalidade da defesa dos gestores da Prefeitura Municipal de Coari e confirmou a denúncia de utilização de notas fiscais inidôneas (frias) para dar cobertura a gastos com recursos públicos. "A manifestação do gestor municipal em exercício não aduz justificativas e documentação capazes de ensejar a alteração das constatações e conclusões dispostas no relatório preliminar da Ação de Controle nº 00190.003783/2007", divulgado em junho deste ano.

Somente cinco itens de um relatório de 312 páginas foram devidamente esclarecidos pelos gestores da prefeitura. E, de acordo com os fiscais da CGU, ficou comprovado o emprego de notais fiscais "frias" no montante de R$ 1.579.400,48 somente de recursos federais.

O relatório conclusivo da fiscalização realizada na Prefeitura Municipal de Coari, no período de 12 de março a 11 de abril deste ano, foi apresentado ontem. O prejuízo apurado com as irregularidades envolvendo recursos públicos federais e receita de royalties por parte dos agentes municipais soma R$ 7 milhões.

O desvio com superfaturamento de obras e sobrepreço de serviços chega a R$ 1,3 milhão, correspondendo a 12,81% dos recursos federais aplicados nos convênios e contratos de repasse (R$ 10,16 milhões), diz a Controladoria-Geral da União.

sábado, setembro 29, 2007

Coari Hoje

Queremos vencer pela nossa competência e pelo nosso trabalho, não pelos métodos escusos ou repugnantes que os senhores, nobres, mas nem tanto, homens do poder, freqüentemente utilizam. Queremos andar de cabeça erguida e de mãos limpas!



disparo contra o sol
sou forte sou por acaso
minha metralhadora cheia de mágoas
eu sou o cara
cansado de correr
na direção contrária
sem podium de chegada
ou beijo de namorada
eu sou mais um cara
Mas se você achar que tô derrotado
saiba que ainda estou rolando os dados
por que o tempo
o tempo não pára
dias sim, dias não
eu vou sobrevivendo sem um arranhão
na caridade de quem me detesta
a tua piscina esta cheia de ratos
tuas idéias não correspondem aos fatos
o tempo não para
eu vejo um futuro repete o passado
eu vejo um museu de grandes novidades
o tempo não para
não para não não para
eu não tenho data pra comemorar
às vezes os maus dias são de par em par
procurando agulha no palheiro
nas noites de frio é melhor nem nascer
nas de calor se escolhe é matar ou morrer
e assim nos tornamos brasileiros
te chamam de ladrão de bicha maconheiro
transformam Coari inteiro num puteiro
pois assim se ganha mais dinheiro
a tua piscina esta cheia de ratos
tuas idéias não correspondem aos fatos
o tempo não para
eu vejo um futuro repete o passado
eu vejo um museu de grandes novidades
o tempo não para
não para não não para

"Los poderosos pueden matar una, dos o hasta tres rosas, pero jamás podrán detener la primavera." (Ernesto Che Guevara)

sábado, setembro 22, 2007

CURSO DE DANÇA DE SALÃO

Não passe mais vergonha nas festas! Baixe esse curso de dança de salão, torne-se um "pé-de-valsa" e seduza as mulheres!

Curso ilustrado, muito fácil. Você vai aprender a dançar bolero, valsa, tango, rumba e muito mais...

quarta-feira, setembro 19, 2007

Have You Ever Really Loved A Woman?

Have You Ever Really Loved A Woman?
(Música:Bryan Adams)

Você Realmente Já Amou Uma Mulher?

Para realmente amar uma mulher, para compreendê-la,
Você precisa conhecê-la profundamente por dentro,
Ouvir cada pensamento, ver cada sonho,
E dar-lhe asas quando ela quiser voar.
Então, quando você se achar repousando
Desamparado nos braços dela,
Você saberá que realmente ama uma mulher...

Quando você ama uma mulher,
Você lhe diz que ela realmente é desejada.
Quando você ama uma mulher,
Você lhe diz que ela é a única
Pois ela precisa de alguém para dizer-lhe
Que vai durar para sempre.
Então diga-me: você realmente,
Realmente, realmente já amou uma mulher?

Para realmente amar uma mulher,
Deixe-a segurar você,
Até que você saiba como ela precisa ser tocada.
Você precisa respirá-la, realmente saborea-la
Até que você possa sentí-la em seu sangue.
E quando você puder ver
Suas crianças que ainda não nasceram dentro dos olhos dela,
Você saberá que realmente ama uma mulher

Você precisa dar-lhe um pouco de confiança
Segurá-la bem apertado,
Um pouco de ternura, precisa tratá-la bem.
Ela estará perto de você, cuidando bem de você,
Você realmente precisa amar uma mulher...

Então, quando você se achar repousando
Desamparado nos braços dela,
Você saberá que realmente ama uma mulher...
Então diga-me: você realmente,
Realmente, realmente já amou uma mulher?
Então diga-me: você realmente,
Realmente, realmente já amou uma mulher?

Tutoriais Grãtis

VERGONHA NACIONAL

terça-feira, setembro 18, 2007

Petrobras fará gasoduto para interligar o Juruá


As obras do gasoduto Urucu/Manaus devem ser concluídas em 2008
Até 2012 a Petrobras fará mais uma grande obra no Amazonas, interligando o gasoduto de Coari, que recebe gás de Urucu, a outros dois grandes pólos gaseíferos de exploração na região: Araracanga (a 43 quilômetros de Urucu) e Juruá (Carauari).
A ligação será necessária para a empresa poder cumprir, com folga, o contrato de fornecimento de 5,5 milhões de metros cúbicos, por dia, para Manaus até 2028. A primeira conexão será feita com Araracanga e depois com Juruá, explorando campos descobertos na década de 70.

Hoje, a maior disponibilidade de reserva está concentrada em Urucu, mas os outros dois pólos no trajeto têm capacidade de produzir entre 2,7 e 3 milhões de metros cúbicos de gás por dia.

"O conjunto de campos na região tem viabilidade de sustentação de 20 anos. Não temos preocupação com nossas reservas, apenas queremos manter o esquema de prospecções e estudos para possíveis ampliações em razão da demanda", explica o gerente do Ativo de Exploração da Petrobras, Celso Murakami.

Entre as previsões de aumento da demanda estão o próprio consumo de Manaus, cidade para a qual há projeção de torná-la auto-sustentável; futuras implantações de um pólo petroquímico no Distrito Industrial; e a possível construção de um gasoduto para atender Porto Velho (RO), que teria consumo previsto da ordem de 2 milhões de metros cúbicos (dia) e seria abastecido pelo pólo de Juruá.

Além de 23 poços que serão perfurados ao longo da Bacia do Solimões, em cinco grandes áreas onde a estatal tem concessão de exploração da Agência Nacional de Petróleo (ANP), faz parte do plano de investimentos na região a perfuração de outros 20 poços, até 2012, nas zonas de concessão de produção, ou seja, onde a Petrobras já tem os campos instalados (Urucu, Araracanga e Juruá). "Essas outras 20 perfurações serão feitas para melhorar a produção atual e incrementar a reserva", fala Murakami.

segunda-feira, setembro 10, 2007

50 COISAS QUE OS HOMENS TEM QUE SABER SOBRE AS MULHERES

1. Mulheres acham homens magros que fazem dieta... meio gays...!

2. Mulheres odeiam ganhar lingerie de presente. Elas entendem como uma crítica às suas confortáveis calcinhas de algodão...

3. Esconda suas revistas pornográficas. Para elas é coisa de adolescente imaturo

4. Se você tem um apelido carinhoso para seu pênis, por favor, nunca o revele

5. Mulheres adoram de homens de boné, desde que esse homem tenha 12 anos ou menos.

6. Elas odeiam exibições em economês, juridiquês, mediquês ou qualquer outro jargão profissional. É pernóstico...

7. É fato: mulheres odeiam rachar conta em restaurante.

8. Mulheres de pilequinho topam TUDO !

9. Não deixe uma mulher sozinha em sua casa. Há 100% de probabilidade dela mexer em TODAS as gavetas!

10. Toda mulher já pensou em como seria transar com seu melhor amigo.

11. Mulheres perguntam seu sobrenome logo de cara para ver se combina com o delas, e, por conseqüência, para ver se ficaria bem num eventual filho de vocês.

12. Nunca, nunca, nunca, tente explicar uma traição com o argumento "foi uma coisa sem importância". Elas acham ainda pior terem sido traídas por algo "sem importância".

13. Nunca esteja mais perfumado do que a mulher ao seu lado.

14. Mulheres gostam de ser elogiadas. Vale qualquer coisa: da cor do esmalte ao roteiro que ela escolheu para as férias.

15. Nunca use jóias. De nenhuma espécie. Colar, nem pensar. Anel, só aliança.

16. A não ser que ela seja atleta ou tenha menos de 18 anos, nunca proponha um acampamento de fim-de-semana. Acredite: elas preferem um motel de quinta categoria a isso.

17. Mulheres adoram detalhar uma transa com as amigas. Então, se você tem um nome a zelar, preste atenção a seu desempenho.

18. Para elas, orelha não é uma zona erógena.

19. Elas classificam os homens em "para casar", "para ser amigo" e "para sair". Tal como eles fazem.

20. Cueca, só branca ou preta. Fuja das tanguinhas e daqueles modelos igual a short de loira do Tchan. E sem nenhuma estampa!

21. Não é por maldade que elas se depilam com seu barbeador. É que implesmente ele está ali no box.

22. Se você não tiver alguma lembrança bonitinha sobre sua infância, invente. Elas não resistem.

23. Mulheres gostam de ser surpreendidas por beijos. Sem que isso signifique ir para a cama depois de 2 minutos.

24. Pare de ir à manicure imediatamente. Homem que faz a unha é considerado cafonérrimo!

25. Você pode até achar ultrapassado. Mas flores são capazes de derreter um coração feminino.

26. Elas vão adorar seu carro se ele tiver um espelho no pára-sol do banco do carona.

27. Crianças mentem sobre o dever de casa, homens sobre o desempenho sexual e mulheres sobre a quantidade de sapatos em seu guarda-roupa.

28. Mulheres fingem orgasmo. Quase sempre.

29. É inadmissível ser um desastre na cozinha. Nem que sua especialidade seja spaghetti ao alho e óleo.

30. A maioria odeia marombados Excesso de músculos cheira a falta de masculinidade.

31. Mulheres não vêem problemas nos carecas, o que não quer dizer que é dos carecas que elas gostam mais.

32. Para elas, a careca de um homem pode ser explicada pela genética ou pelo destino. Barriga mole de chope não tem desculpa.

33. Se for usar brinco, por favor, algo minúsculo, só notado por quem chegar bem perto. Mulher odeia o estilo pirata.

34. Se quiser ter tatuagem, faça uma só. Mais do que isso, você pode ser confundido com um presidiário.

35. Mulheres adorariam que seus amigos gays fossem héteros.

36. Até Sharon Stone tem celulite.

37. Luzes e tinta no cabelo são permitidos apenas para exemplares do sexo feminino.

38. Nunca peça para que elas escolham para onde vocês devem ir no primeiro encontro. Elas gostam de ser levadas.

39. Elas vão em dupla ao banheiro para falar bem dos homens e mal das mulheres.

40. Por mais que a mulher o ame, ela detesta ver você e seus amigos jogando pelada.

41. Mulheres adoram telefone. É uma boa forma de tagarelar alegremente sem necessidade de se arrumar para sair.

42. Mulheres odeiam homens que dirigem devagar, não bebem e não têm time de futebol.

43. Mulheres odeiam ser chefiadas por mulheres.

44. Mulheres costumam se derreter quando percebem que um homem precisa de um colinho.

45. Mulheres adoram ser acariciadas entre os cabelos, sentindo seus dedos tocarem o couro cabeludo.

46. Mulheres esperam ser consoladas quando choram.

47. Mulheres acham que, se tomam a iniciativa, eles não têm o direito de dizer "não!".

48. Elas amam "discutir a relação", porque é a partir disso que descobrem as fraquezas e os defeitos dos homens que estão a seu lado.

49. Elas odeiam restaurantes-rodízio, por quilo, self-service ou aqueles do tipo "coma o quanto agüentar".

50. Se elas perguntam: "Estou gorda?", a resposta única, óbvia e esperada é: "Claro que não!". Nem pense em dizer outra coisa!

sexta-feira, setembro 07, 2007

Amor Pra Recomeçar

Roberto Frejat

Eu te desejo não parar tão cedo
Pois toda idade tem prazer e medo
E com os que erram feio e bastante
Que você consiga ser tolerante
Quando você ficar triste
Que seja por um dia, e não o ano inteiro
E que você descubra que rir é bom,
mas que rir de tudo é desespero

Desejo que você tenha quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor pra recomeçar
Pra recomeçar
Eu te desejo, muitos amigos
Mas que em um você possa confiar
E que tenha até inimigos
Pra você não deixar de duvidar
Quando você ficar triste
Que seja por um dia, e não o ano inteiro
E que você descubra que rir é bom,
mas que rir de tudo é desespero

Desejo que você tenha quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor pra recomeçar
Pra recomeçar

Eu desejo que você ganhe dinheiro
Pois é preciso viver também
E que você diga a ele, pelo menos uma vez,
Quem é mesmo dono de quem
Desejo que você tenha quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor pra recomeçar
Eu desejo que você tenha quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor pra recomeçar
Pra recomeçar, pra recomeçar

terça-feira, agosto 28, 2007

Soneto de Cristal

Archipo Wilson

Como tenho saudades de minha outra parte
Saudades das noites que nunca amanhecemos
Saudades do beijo que nunca comungamos
Saudades da dança, que nunca juntinhos dançamos.

Eu amo-te tanto, meu cristal delicado.
Mesmo sendo nossos sentimentos incompreendidos
Quanto mais sofro por tua indiferença
Mais cresce em minha alma teu encanto

Essa menina mulher, preciosa flor de lis (lilás)
A única a quem sonhei dar os carinhos
Que nunca a outra eu daria.

Se ela se fosse, em grande lamento choraria,
Pois até se não te conhecesse
Mesmo assim saudade já sentiria.

domingo, agosto 26, 2007

Coari sofre com picadas de pium


Nos últimos anos, o fluxo migratório de pessoas para o Amazonas tem levado a uma depreciação do meio ambiente, o que causa impacto aos ecossistemas. No município de Coari (a 368 Km de Manaus), essa realidade foi avaliada e dados científicos apontam para índices medianos de 15% de contaminação por filarioses, as quais são transmitidas pelo mosquito pium, em decorrência da problemática da busca populacional pela nova fronteira agrícola amazônica.

A pesquisa, denominada “Filarioses no Município de Coari: Estudo Epidemiológico e Diagnóstico Molecular”, é coordenada pela doutoranda em Biotecnologia pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Marilaine Martins.

A cientista, que trabalha na Fundação de Medicina Tropical (FMT-AM) chefiando a gerência de parasitologia, ressalta que os picos de contaminação em Coari chegam atualmente a 30% em algumas comunidades do município.

“Estamos fazendo uma pesquisa pioneira de caracterização genética das filárias. Mas também prestamos assistência às pessoas que têm sintomas”, explicou Marilaine, ressaltando que as doenças endêmicas na Amazônia são um dos principais obstáculos ao progresso coletivo.

Sobre as causas do problema, a pesquisadora acrescentou que não é possível afirmar se as altas populacionais ocasionadas por conta das obras do gasoduto Coari-Manaus influenciam nos quantitativos. Todavia, ela destacou que a comunidade científica já conhecia a possibilidade de aumento dos casos de filariose no município coariense. “O Rima (Relatório de Impacto Ambiental) da parte médica, feito pela Ufam, já apontava a possibilidade de contaminação”, afirmou Marilaine.

A cientista enfatizou que as pessoas infectadas por filarioses via picada de pium devem receber tratamento médico a cada seis meses. “No Amazonas, até o momento só foi notificada a existência de duas espécies de filária. Mesmo assim, o tratamento deve ser rigoroso”, alertou.

terça-feira, agosto 21, 2007

Vereadores prometem questionar no TJAM interferência no Legislativo de Coari

Uma comissão de vereadores de Coari (distante 363 quilômetros de Manaus em linha reta), pretende vir a Manaus na quinta-feira, dia 23, para questionar a interferência do Poder Judiciário nas atividades do Legislativo. Os vereadores criticam a ameaça de prisão a parlamentares e de fechamento da Câmara Municipal de Coari (CMC) durante a tentativa de votação do relatório da Comissão Processante que pede a cassação do prefeito Adail Pinheiro (PMDB) e do vice-prefeito Rodrigo Alves (PP), na semana passada. A votação foi impedida por meio de liminar da juíza substituta da 2ª Vara de Coari, Ana Paula Braga. Os advogados da Câmara estão questionando a competência da juíza para expedir mandado de segurança contra a CMC.

Os quatro integrantes da Mesa Diretora da Câmara que deverão vir a Manaus pretendem se reunir com parlamentares na Assembléia Legislativa do Estado (ALE), na Câmara Municipal de Manaus (CMM) e com o presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Hosannah Florêncio de Menezes. O presidente da CMC, Osni Oliveira, avalia que o apoio dos demais parlamentares vai ajudar a fortalecer os vereadores no debate sobre a interferência entre os poderes. “Os poderes são harmônicos, mas autônomos. Não se pode aceitar uma interferência, principalmente se não tem amparo legal”, criticou.

O presidente da Comissão Especial da ALE que acompanha as investigações de irregularidades em Coari, deputado Vicente Lopes (PMDB), disse que a interferência entre poderes exige um entendimento entre as partes. “Cerceamento ao trabalho de Legislativo não se via desde a época da ditadura. Vamos apelar ao presidente para que o Tribunal recomende cautela no julgamento desse tipo de matéria para manter a independência dos poderes”, disse.

O presidente da CMC, Osni Oliveira, disse que os advogados da Câmara também entraram com recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a liminar do desembargador Francisco Auzier que impende a exclusão de qualquer vereador da votação do pedido de cassação. Um desses vereadores, José Henrique, é considerado suspeito por ter ligações familiares com empresários envolvidos no esquema de emissão de notas fiscais ‘frias’ do município. Os vereadores também questionam no TJAM o prazo para a conclusão dos trabalhos da comissão. A juíza Ana Braga avalia ter apenas um dia enquanto os vereadores afirmam haver quatro dias para completar os 90 de atividades efetivas da comissão antes da votação.

domingo, agosto 19, 2007

Comissão de deputados e vereadores vai a Coari



Uma comissão de vereadores de Manaus e deputados estaduais vai para Coari no início da próxima semana para tentar resolver o impasse em torno da votação do relatório da Comissão Processante da Câmara Municipal do município que tenta cassar o prefeito Adail Pinheiro (foto).

A confusão em torno da leitura e votação do relatório começou na segunda-feira. A juíza da comarca, Ana Paula Braga, atendendo recurso da defesa do prefeito, emitiu liminar suspendendo as atividades da comissão. Ela entendeu que o prazo legal para as investigações havia extrapolado.

Ainda assim, os vereadores tentaram votar o relatório na quarta-feira, em três sessões extraordinária que acabaram suspensas. Na quinta-feira, a confusão continuou. Só a noite a juíza concedeu liminar permitindo a leitura e votação do documento. Os vereadores chegaram a marcar a nova leitura para a segunda-feira, dia 20, mas agora estudam mudar a data.

A comissão da Câmara Municipal de Manaus (CMM) que iria para o município ontem, acabou ficando na capital. Os vereadores Darlison Silva (DEM), Braz Silva (sem partido) e Waldemir José (PT), e o procurador da CMM, Eduardo Terço, não conseguiram passagens aéreas nas duas empresas que operam linha para Coari.

O presidente da Câmara, Leonel Feitoza (PSDB), conversou com o presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), Belarmino Lins (PMDB), e os dois resolveram fazer uma comissão mista.

Segundo Leonel, a comissão mista terá mais poder para resolver a questão de ameaças políticas e interferências judiciais que emperram a votação do relatório. “Achei que a mudança nos planos veio em boa hora, uma vez que houve uma reviravolta na questão da liminar que impedia a realização de uma sessão no Legislativo daquele município. A mesma avaliação teve o presidente da Câmara de Coari, Osni Oliveira, que considerou necessário aguardar e avaliar os próximos passos da situação política no município”, declarou o vereador em seu blog na internet.

Câmara de Coari recorre ao TJAM contra decisões judiciais que favorecem Adail


Os advogados da Câmara Municipal de Coari, município distante 363 quilômetros de Manaus, ajuizaram ontem no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) dois recursos contra decisões judiciais, de caráter liminar, que favorecem o prefeito Adail Pinheiro (PMDB) e o vice-prefeito Rodrigo Alves (PP) no processo que pede a cassação do mandato deles pela utilização de notas fiscais ‘frias’ no valor de R$ 1,8 milhão para justificar gastos da prefeitura.

O primeiro agravo contesta a decisão da juíza da 2ª Vara da Comarca de Coari, Ana Paula de Medeiros Braga, que na quinta-feira autorizou a apresentação e votação do relatório da Comissão Processante da Câmara, mas considerou que havia apenas mais um dia para o prazo de conclusão dos trabalhos de investigação. Os advogados da Câmara argumentam que os trabalhos estão no prazo legal de 90 dias, uma vez que as atividades foram suspensas por duas vezes em razão de ordens judiciais.

O outro procedimento foi para questionar a liminar concedida pelo desembargador Francisco das Chagas Auzier proibindo a declaração de impedimento de qualquer um dos vereadores de Coari. A oposição pretendia impedir a participação do vereador José Henrique (PMDB) pelo fato de ele ter um familiar citado nas denúncias de emissão de notas ‘frias’. A decisão do desembargador inviabiliza a cassação de Adail e Rodrigo, uma vez que são necessários sete votos, ou dois terços dos dez vereadores, para a aprovação do parecer da Comissão Processante. Os vereadores de oposição ao prefeito somam apenas seis.

O advogado Ernesto Costa, que defende os interesses da Câmara Municipal de Coari, afirma que está questionando o fato de uma juíza de primeiro grau ter expedido mandado de segurança em ação contra a Mesa Diretora da Câmara de Coari. “A Câmara somente pode ser julgada pelo Tribunal de Justiça, por juízes de 2º grau. A juíza de Coari não tem competência legal contra a Câmara”, disse. A argumentação da é fundamentada no inciso I, letra c, do artigo 72, da Constituição Estadual, que determina como atribuição do Tribunal de Justiça o processo e o julgamento de mandado de segurança contra o presidente e a Mesa Diretora das Câmaras municipais.

Supremo

Os advogados da Câmara de Coari também pretendem ingressar com recurso no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e com representação no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) contra a juíza Ana Paula, depois do julgamento dos agravos de instrumento no TJAM. “Aguardamos a manifestação da instância imediatamente superior para buscarmos a defesa de nossos direitos em outro nível”, disse o advogado.

Bispo critica inércia da população


Márcio James

Segundo Dom Joércio, um dos maiores

problemas de Coari é a prostituição infantil




Aristide Furtado
da equipe de A CRÍTICA

O bispo da prelazia de Coari (a 370 quilômetros de Manaus), Dom Joércio Gonçalves Pereira, em entrevista concedida A CRÍTICA, ontem, defendeu o rigor nas investigações das supostas irregularidades praticadas pela administração municipal. Cobrou dos vereadores da oposição maior vigilância na defesa dos interesses da população. E criticou a falta de envolvimento político do povo.

Dom Joércio considera muito difícil a situação do prefeito Adail Pinheiro (PMDB), que responde a processo na Câmara Municipal por uso de notas fiscais frias, na Justiça Federal por desvio de R$ 45 milhões da Previdência Social, e na Justiça estadual por não cumprir ordem judicial. "Cada um tem que buscar se defender. Mas contra fato não há argumento. A Justiça tem que investigar", afirmou.

Para o bispo Joércio, que está na prelazia há um ano, "tudo o que está acontecendo demonstra que alguma coisa precisa ser feita e ser mudada." Segundo ele, o povo tem que fiscalizar os atos do poder público. "Não deve deixar o administrador fazer o que quer", aconselha.

Dom Joércio espera que os conflitos políticos sejam logo resolvidos para que autoridades locais se concentrem nos problemas do município. Um dos mais graves, segundo ele, é o aumento da prostituição infantil. "A questão da droga é uma coisa muito forte. Aqui é rota do tráfico do rio Solimões", relata.

Segundo Dom Joércio, Coari experimenta um certo desenvolvimento econômico. Porém, as comunidades ribeirinhas ainda padecem com a falta de atendimento médico. "Com a fonte de renda que tem, o município poderia equacionar esses problemas de forma a proporcionar ao povo uma vida melhor", diz o religioso. Para ele, o povo tem sua parcela de culpa porque elege os políticos e não fiscaliza a atuação deles.

Vereadores de Manaus acusados de intromissão


Os vereadores Braz Silva (sem partido) e Waldemir José (PT) rebateram ontem as declarações do vereador Anacleto Fernandes, da base de apoio ao prefeito de Coari, Adail Pinheiro (PMDB), que criticou a intromissão dos parlamentares de Manaus nos problemas de Coari.

Em um dos trechos da entrevista enviada à redação de A CRÍTICA, Anacleto diz que "os vereadores de Manaus não resolvem nem os seus problemas, pois o prefeito Serafim Corrêa massacra a população com o valor abusivo do IPTU enquanto os vereadores nada fazem".

Anacleto Fernandes referia-se a visita que vereadores Braz Silva, Waldemir José, Darlison Silva (DEM) e pelo procurador da CMM, Eduardo Terço, fariam ontem a Coari para prestar apoio à Câmara de Vereadores do município, que, na última quarta-feira teve os trabalhos paralisados por ordem da Justiça. A viagem foi cancelada.

Na quarta-feira, com auxílio de forte aparato policial, o oficial de justiça Francisco Coelho ameaçou prender o presidente da Câmara de Coari, Osni Oliveira (PSL), caso fosse lido o parecer de uma comissão processante que pedia a cassação do prefeito Adail Pinheiro. No dia seguinte, a juíza Ana Paula Braga revogou a decisão.

Ontem, em tom de ironia, Waldemir José disse: "Eles são tão zelosos com a fiscalização da prefeitura, que mesmo com várias denúncias, continuam dando sustentação ao prefeito. Deveriam olhar com mais atenção as informações da Controladoria Geral da União, e a partir daí verificar se estão se posicionando em favor da população", criticou.

Waldemir José salientou que o que os moveu formar uma comissão para ir a Coari foi a intromissão do Poder Judiciário nas atividades do Poder Legislativo. "O que achamos grave é ver um determinado poder incitando a população a invadir a Câmara e outro colocando a polícia dentro da casa do povo, impedindo que os vereadores exerçam a sua função constitucional", disse.

"O que são os problemas de Manaus comparados com as sérias denúncias imputadas ao prefeito Adail Pinheiro e aos que fazem parte da administração dele. Só cego é que não quer ver", disparou Braz Silva. Para ele, a viagem a Coari era uma atitude de solidariedade aos vereadores do município, "para que eles possam continuar legislando e fiscalizando os atos do prefeito", disse.

sexta-feira, agosto 17, 2007

Manobra favorece Adail

População ocupou, ontem, pela manhã, área em frente
ao prédio da Câmara Municipal de Coari em ato de
apoio ao prefeito que tem mandato ameaçado



Aristide Furtado
da equipe de A CRÍTICA

A juíza da 2ª Vara da Comarca de Coari, Ana Paula Braga, reconsiderou, ontem à tarde, sua decisão e permitiu à Câmara Municipal colocar em votação o relatório que pede a cassação do prefeito Adail Pinheiro (PMDB). O presidente do poder legislativo municipal, vereador Osni Oliveira (PSL) disse, contudo, que não levará o parecer à apreciação do plenário porque a oposição não tem mais quórum para tirar o mandato do prefeito.

Para cassar Adail Pinheiro, que é acusado de usar notas fiscais frias para justificar gastos da prefeitura, a bancada oposicionista, composta de seis vereadores, precisava de mais um voto. O sétimo voto seria conseguido com o afastamento do vereador José Henrique, da base governista, e a nomeação do seu suplente Antônio Merelo, que votaria contra o prefeito.

Uma decisão liminar concedida na manhã de ontem pelo desembargador Francisco Auzier, acatando mandato de segurança preventivo da assessoria jurídica de Adail, frustrou os planos da oposição. O magistrado proibiu o afastamento dos vereadores José Henrique, Leodino Menezes, Anacleto Dantas e Adão Martins, todos partidários do prefeito.

Ao ser perguntado quando levaria o relatório à votação Osni Oliveira disse: "agora não interessa mais. Hoje nós só temos seis vereadores. O tempo que o prefeito queria para se articular já teve. Se ela (a juíza Ana Paula) não tivesse dado a liminar para parar a comissão teríamos cassado ele (Adail) ontem. Não vou colocar em votação".

A leitura do parecer da comissão processante mobilizou a população do município. O procedimento deveria ter ocorrido na sessão plenária de quarta-feira. Mas foi suspenso por ordem da juíza Ana Paula Braga. Dezenas de policiais militares estiveram no prédio da Câmara Municipal para dar cumprimento à determinação judicial. O oficial de Justiça Francisco Coelho ameaçou dar voz de prisão a Osni Oliveira caso o relatório fosse lido.

Na manhã de ontem, cerca de 7 mil pessoas, segundo estimativa da Polícia Militar, ocuparam a área em frente da Câmara para acompanhar a cassação de Adail Pinheiro. A maioria delas, segundo o comandante da PM capitão Denildo Brilhantes, prestava apoio ao prefeito. O grupo era puxado por um trio elétrico comandado pelo secretário municipal de Comunicação municipal Walcione Tavares.

Dia sem escola
De acordo com o sindicalista Elson Freitas, as escolas da rede municipal e estadual de ensino liberaram professores e alunos para engrossar a manifestação pró-Adail. As escolas estaduais Instituto Bereano de Coari e Francisco Lopes Braga, segundo ele, teriam agido dessa forma. "Levaram muitas pessoas para declarar apoio ao prefeito. Muitos dos garis estavam lá", disse o sindicalista.

O procurador-geral do município, Aldo Evangelista contesta tal informação. Segundo ele, todos os setores da prefeitura funcionaram normalmente no dia de ontem. "Isso não tem procedência. As pessoas foram por livre e espontânea vontade. Estamos em uma democracia. Não partiu nenhuma ordem do prefeito nesse sentido", disse Aldo Evangelista.

Juíza libera apresentação de relatório contra Adail

A juíza da 2ª Vara da Comarca de Coari, Ana Paula de Medeiros Braga, reviu ontem a decisão de proibir a apresentação do relatório da Comissão Processante que pede a cassação do prefeito Adail Pinheiro (PMDB) e do vice-prefeito Rodrigo Alves (PP) por utilização de notas fiscais ‘frias’ para justificar gastos da prefeitura. Depois que a Câmara Municipal ingressou com um recurso contestando o mandado de segurança que suspendia a comissão por considerar o descumprimento do prazo de 90 dias para a conclusão dos trabalhos de investigação, a juíza concluiu que ainda restava um dia para a data limite.

Os vereadores de oposição ao prefeito contesta a decisão judicial e prometem ingressar hoje na Justiça do Estado com novo recurso, argumentando que há um prejuízo de seis dias no prazo dado à comissão. O advogado que representa os parlamentares, Ernesto Costa, disse que a contagem da juíza está equivocada e que, apesar da decisão ser favorável aos seus clientes, ele irá recorrer. Ele também promete denunciar a juíza Ana Paula no Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

A medida é uma tentativa de ganhar tempo para tentar derrubar no Supremo Tribunal de Justiça (STJ) uma liminar concedida ontem pelo desembargador Francisco Auzier proibindo a declaração de impedimento de qualquer um dos vereadores na votação do relatório. A empresa do irmão de um dos parlamentares que apóiam o prefeito, vereador José Henrique (PMDB), é citada nas denúncias de emissão de notas fiscais ‘frias’. “O desembargador cita que teria vereador que teria suspensão primária para votar e que isso não tem previsão legal desde a Constituição de 1988. Mas não haverá pedido de suspensão primária de ninguém, o que pode haver é o pedido de afastamento por quebra de imparcialidade na decisão, já que tem vereador que quer participação na votação do relatório que teve o nome do irmão envolvido nas irregularidades apuradas pela comissão”, disse Costa.

Segundo o vereador Evandro Moraes (PSDB), a liminar foi apresentada ontem aos vereadores que pretendiam votar pela cassação de Adail em sessão extraordinária que acabou sendo cancelada. Com a liminar, a cassação do prefeito fica inviável, uma vez que são necessários sete votos, ou dois terços dos dez vereadores, para aprovação do parecer da Comissão Processante, conforme a Lei Orgânica do Município.

De acordo com Moraes, a disputa judicial pode levar à abertura de outro processo contra Adail. “Agora nós somente votaremos (o relatório) com a derrubada da liminar que ‘blindou’ os vereadores de situação. Caso o prazo para a conclusão do trabalho da comissão expire sem a suspensão da liminar, nós iremos iniciar outro processo de cassação, até porque todos os levantamentos já foram executados”, disse.

Em nota à imprensa, Adail Pinheiro disse que ele e seus advogados “nunca foram notificados pessoalmente para comparecer aos atos do processo da Comissão Processante”. O prefeito também argumentou que a eleição para a atual presidência da Câmara Municipal de Coari, que elegeu Osni de Oliveira (PTB), foi feita de forma irregular e que o “tempo vai provar que as denúncias” contra ele “são vazias”.