Archipo.Wilson. Tecnologia do Blogger.

sábado, junho 16, 2007

Direção do Cefet reivindica terreno para construir centro

Publicação JC


Preocupado com a demora na entrega de uma área para construção da escola técnica em Coari, por parte da prefeitura daquele município, o diretor-geral do Cefet-AM (Centro de Educação Federal Tecnológica), João Dias, procurou o apoio do líder do governo na Assembléia Legislativa, deputado Sinésio Campos (PT), que obteve posicionamento do prefeito Adail Pinheiro de que o terreno será entregue terraplenado, em 15 dias, em condições de iniciar a obra.

O terreno é uma contrapartida de Coari, um dos seis contemplados pelo pacote do governo federal que apóia o ensino técnico em vários municípios brasileiros.
João Dias contou que está sendo pressionado pela construtora, contratada para realizar a obra, levando em conta que a mesma faz parte do pacote do governo federal criado em 2006. “A unidade de Coari já deveria estar pronta, infelizmente, por causa das intempéries do clima não foi resolvido”, disse o diretor do Cefet-AM, acrescentado que as aulas estão funcionando num prédio provisório, cedido pelo Sesc (Serviço Social do Comércio) de Coari, com os cursos de edificações e informática.

As escolas técnicas fazem parte de um pacote criado pelo governo Lula para expansão do ensino técnico em vários municípios brasileiros. O Amazonas foi contemplado com seis unidades descentralizadas –escolas federais que irão ministrar ensino técnico industrial e agroindustrial– que serão construídas nos municípios de Coari, em 2006.
No segundo pacote, em 2007, Lábrea, Tabatinga, Parintins, Presidente Figueiredo e Maués.

“Estamos esperando que os prefeitos se mobilizem no sentido de liberar as respectivas áreas para iniciarmos as obras”, disse João Dias, ressaltando que já estão sendo realizadas audiências públicas para saber a vocação desses municípios.
Após serem entregues os respectivos terrenos, João Dias afirmou que as obras das unidades descentralizadas ficarão prontas em seis meses. A intenção, no caso de Coari, onde já estão funcionando dois cursos, é ampliar a oferta de vagas ainda neste ano.

sexta-feira, junho 15, 2007

Depois de um dia movimentado


Um dia...

...Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem.
Você não só não esquece a outra pessoa como pensa muito mais nela...
Um dia nós percebemos que as mulheres têm instinto "caçador" e fazem qualquer homem sofrer ...
Um dia descobrimos que se apaixonar é inevitável...
Um dia percebemos que as melhores provas de amor são as mais simples...

Um dia percebemos que o comum não nos atrai...
Um dia saberemos que ser classificado como "bonzinho" não é bom...
Um dia perceberemos que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em você...
Um dia saberemos a importância da frase: "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas..."
Um dia percebemos que somos muito importante para alguém, mas não damos valor a isso...
Um dia percebemos como aquele amigo faz falta, mas ai já é tarde demais...

Enfim...

Um dia descobrimos que apesar de viver quase um século esse tempo todo não é suficiente para realizarmos
todos os nossos sonhos, para beijarmos todas as bocas que nos atraem, para dizer o que tem de ser dito...

O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutamos para realizar todas
as nossas loucuras...
Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação. Para o homem provar que é homem,
não precisa ter mil mulheres.

Basta fazer uma feliz...

Eu Quero Um Amor Pra Vida Toda

Um dia, um velhinho foi a uma de suas consultas periódicas ao médico, só que desta vez um pouco apressado.
O médico então lhe perguntou:
- Pq a pressa? e ele respondeu:
- Todos os dias neste horário vou visitar minha esposa que está num asilo. E o médico comentou:
- Que bacana! Então vcs matam as saudades, batem papo, namoram um pouquinho!! E o velhinho diz:
- Não! Ela não me reconhece mais, por causa de sua doença.
O médico surpreso então pergunta:
- Mas pq então tanta pressa para vê-la, já que não o reconhece mais?
E com um sorriso no rosto, o velhinho responde:
- Mas eu a reconheço! Eu sei quem ela é e o que representa na minha vida há tantos anos. Por isso todos os dias eu a reconquisto, como se cada conquista fosse única e verdadeira.
Este é o verdadeiro amor....INCONDICIONAL!!!

2º dia em Fortaleza - Praia de Cumbuco



Quem já foi a Segunda vez pode ser Guia


Só Tirando Onda

quinta-feira, junho 14, 2007

Fotos do primeiro dia em fortaleza

Estátua de Iracema, A Virgem dos Lábios de Mel
Praia de Iracema
Depois uma hora de caminhada na beira-mar.
O rosto em brasa, mas o almoço foi ótimo (Camarão a milanesa)
Praia de Iracema

DIÁRIO DE UMA MULHER

Capítulo: Como agradar o seu homem

Andei fazendo umas cagadas e tava num clima meio ruim com o maridão e resolvi fazer uma surpresa...
Comprei 250 velas de tamanhos diferentes, 10 dúzias de rosas vermelhas, espumante, queijos e frutas e decorei toda a casa. Nosso quarto fica no segundo andar e eu fiz um caminho de velas desde a porta de entrada até o quarto... As escadas iluminadas, tudo lindo ! Chamei um casal de amigos para acender as 250 velas. A cama estava coberta com pétalas de flores... Arranjos maravilhosos de antúrios (flores que usamos no nosso casamento), além do espumante no gelo e as frutas, queijos e frios completavam o clima do quarto.
Chegando do trabalho, enquanto ele abria a porta eu tratei de tirar o vestido. Fiquei só de lingerie vermelha e cinta-liga também vermelha. Imagina a cena... Quando meu maridão abriu a porta lá estava eu semi-nua e toda gostosa, claro! Quando olhei a cara do meu marido percebi que ele estava branco. Virou pra mim, sem perceber "meu modelito", e gritou:
- Nossa casa tá pegando fogo!
Eu, calmamente, disse para ele olhar novamente. Fiz até uma cara "sexy" para dizer isso... Ele abriu a porta mais uma vez e gritou, mais branco ainda:
- Puta merda! Não é incêndio! É MACUMBA! SAI POMBA GIRA!!!

NOTA DO WEBMASTER: Mulher é mesmo um bicho sem noção. Elas acham que flores, velas, lingeries agradam os homens. Nada disso agrada. Quem gosta disso é mulher e viado. O homem cabra-macho caga e anda pra essas coisas. O que agrada mesmo os homens de verdade é isto AQUI

quarta-feira, junho 13, 2007

Viajando para Fortaleza

Parti de Coari no dia dos namorados as 15h 26min rumo a melhor viagem de minha vida e principalmente a minha busca do meu interior (perdido após um 11 anos).

Após deixar os últimos detalhes da loja com Ben Hur na Coari.com fui ver o preço do táxi, tomei um susto do preço, pois o taxista me cobrou R$ 30,00. Como penso que devo poupar dinheiro nessa viagem para gastar no meu destino, uma vez que lá poderei vivenciar plenamente momentos inesquecíveis. Resolvi pegar um motoqueiro e para minha surpresa ele cobrou 6 reais (20 %). Bom presságio.

No início da viagem li um trecho do livro Brida de Paulo Coelho que falava o seguinte:
“Cada pessoa, em sua existência, pode ter duas atitudes: Construir ou Plantar. Os Construtores podem demorar anos em suas tarefas, mas um dia terminam aquilo que estavam fazendo. Então param, e ficam limitados por sua própria paredes. A vida perde o sentido quando a construção acaba.

Mas existem os que Plantam. Estes às vezes sofrem com tempestades, as estações, e raramente descansam. Mas, ao contrário de um edifício, o jardim jamais pára de crescer . e, ao mesmo tempo que exige a atenção do jardineiro, também permite que, para ele, a vida seja uma grande aventura.

Os Jardineiros se reconhecerão ente si ­─ porque sabem que na história de cada planta está o crescimento de toda Terra”.

terça-feira, junho 12, 2007

Pesquisas Esculhambadas


Uma coisa que sempre me chamou a atenção no msn são essas mensagens que as pessoas colocam. Por exemplo:

"Hoje estou muito desanimado com a vida" - Sim, e eu com isso?

"Não estou pra papo. Não perturbe." - Pra que entrou no msn então?

"EEEEEEEEEEEEEEEE!!!" - Ok, queres uma melancia?

Aí entram e saem mil vezes com esses dizeres. Fazendo aparecer aqueles quadros do msn com essas mensagens...

"Qual é a boa?" - Que tal parar de entrar e sair?

Isso me levou a pensar no porquê fazem isso. Será que é só pra aparecer ou isso lhe torna popular no msn? Pois bem. Começa assim mais uma PESQUISA ESCULHAMBADA. Resolvi fazer o mesmo. Usarei três mensagens. Uma de alegria, outra de tristeza e uma fazendo algum mistério. Vejamos o resultado de cada uma e se faz sentido as pessoas agirem desta maneira.

Começarei com tristeza.

"ESTOU MUITO TRISTE!!! NÃO SEI MAIS O QUE FAZER!!!"

(1min aguardando)

Respostas:

Marcus Vinicius - opa!! q isso cara..força aí Archipoa.. sua felicidade é sua marca cara.. é até ruim ver vc com uma mensagem pessoal dessas cara =/ levanta aí cara.. seja lá oq for

Ana - Que houve Arquipinho?

(fim)

É, pouco retorno. Ou as pessoas cagam e andam pra mim ou não ligam para esse tipo de mensagem de msn. Vejamos agora como vai se sair a mensagem de alegria.

"ALEGRIA!!! ESTOU MUITO FELIZ!!! SENSACIONAL GENTE!!!"

(1min aguardando)

Respostas:

Sukinha - :(

(fim)

Cruzes. Ninguém quis saber de minha felicidade. Só veio uma resposta e o rapaz parecia triste com minha alegria. As pessoas devem me odiar ou então realmente ninguém liga pra essas frases de msn. Vamos pra última mensagem. Essa é pra atiçar a curiosidade de todos.

"NOVIDADES SENSACIONAIS!!! ME PERGUNTEM!!!"

(1min aguardando)

Raggademente - Olá, tudo certinho?

Léo - Pára caralho! fica entrando e saindo porra escute aqui rapaz vou perguntar nada

(fim)

Essa foi um pouquinho melhor. Mesmo assim não teve retorno.

Conclusão: Ninguém liga pra essas frases de msn. Isso só serve para encher o saco. Ou ninguém liga pra mim e eu devo pular da primeira ponte.

domingo, junho 10, 2007

Web 2.0 - A máquina somos nós

Caçada ao serial killer


Isabella Siqueira
(Colaborou Adriano Silva)

Os Departamentos de Inteligência (DIs) da Secretaria de Segurança Pública e polícias Civil e Militar mobilizaram equipes ontem para tentar prender o cinegrafista Antônio dos Santos Soares (foto), 25, o Tony, acusado de matar a ex-namorada, Maria Adelaide Soares Holanda, 19, a cunhada, Maria Adriana Soares Holanda, 15, a própria filha, Rayssa Vitória Soares Holanda, de apenas 1 ano e dois meses, e a babá da criança, Marcela Correa, 14, cujos corpos foram encontrados na manhã de sexta-feira (8) enterrados no quarto alugado pelo suspeito, na rua Chaves Noruega, bairro Santo Agostinho, zona oeste. Ele também é suspeito de matar a dona da pensão onde morava, Izabel Martins, 42.

Para isso, todas as saídas da cidade – portos, rodoviária e aeroporto – estão sendo monitoradas. Além disso, cartazes com o rosto do foragido teriam sido distribuídos para facilitar sua localização com base em denúncias.

O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Seqüestros (DEHS) e a Gerência do Serviço de Inteligência da Polícia Civil. Segundo Mário Bahia, da Delegacia Especializada de Ordem Política e Social (Deops) um delegado plantonista do 5º Distrito Policial teria conseguido falar com o acusado por telefone e tentou convencê-lo a se entregar, mas ele desligou o aparelho. Na manhã de ontem, a polícia entrou com pedido de prisão preventiva contra Tony, mas até o fechamento desta edição os documentos ainda estavam sendo analisados pelo juiz plantonista Genesino Braga.

Segundo a assessoria de imprensa da SSP, o secretário Francisco Sá Cavalcante pediu empenho de todo o contingente da polícia neste caso. Blitze de segurança estão sendo feitas em toda cidade, mas ate o fechamento desta edição, Tony ainda não havia sido localizado.

A equipe do Em Tempo foi até à casa da família do acusado, no beco Brasil, rua do Campo, Santo Agostinho. O local estava fechado com cadeados, e os vizinhos apenas limitaram-se a dizer que a casa foi abandonada no início da noite de ontem.

Os cadáveres foram descobertos por ocasião do assassinato de Izabel Martins, morta com três tiros após cobrar os aluguéis atrasados de Tony, segundo testemunhas. Ao revistarem o quarto do acusado, os policiais desconfiaram de uma camada de cimento fresca e, minutos depois, encontraram os corpos. As quatro vítimas estavam desaparecidas desde fevereiro último.

Polícia vasculha casa e não encontra ‘Toni’

Duas equipes da Delegacia Especializada em Homicídios e Seqüestros (DEHS) fizeram ontem pela manhã busca em uma casa na travessa 1, do conjunto Fortaleza, no bairro Santa Etelvina, na caçada a Antônio dos Santos Soares, conhecido como ‘Toni’, suspeito de assassinar a namorada dele, Maria Adelaide Soares Holanda, 20, a filha do casal, Raíssa Vitória, de um ano e meio, a irmã de Adelaide, Maria Adriana Holanda, 15, e a babá de Raíssa, Marcela dos Santos, 16.

Os policiais investigavam denúncias de que o ‘Toni’ havia passado a noite no local, segundo informações da DEHS. Os policiais não encontraram o suspeito e nem pistas.

O delegado responsável pela investigação, Mário César Nunes, disse que a polícia também trabalha com a possibilidade do suspeito ter fugido para Coari (a 363 quilômetros a oeste de Manaus) ou Santarém (PA). Nunes disse que ‘Toni’ fugiu de Coari após aplicar golpes no local. O delegado preferiu não adiantar, mas também está levantando informações sobre supostas relações entre Antônio e membros da família de Isabel Martins Chaves, dona da estância, que foi morta na madrugada de sexta-feira com dois tiros. O assassinato de Isabel foi o que permitiu à polícia encontrar os quatro corpos enterrados no quarto alugado por ‘Toni’. Ele também é suspeito pela morte da proprietária da estância.

O delegado disse que a mãe do acusado foi intimada pela polícia para prestar depoimento.

IML

O diretor do Instituto Médico Legal (IML), José Augusto Onete, disse ontem que uma equipe formada por dois médicos legistas e dois odontologistas será criada na próxima segunda-feira para trabalhar na identificação e determinar a causa da morte dos quatro corpos encontrados em uma estância, na avenida Chaves, no bairro Santo Agostinho, zona Oeste de Manaus. Antes disso, os corpos não serão liberados à família para o enterro.

O diretor disse que serão buscados todos os meios para identificação, antes de se recorrer ao exame de DNA. “O DNA é um exame caro, não é como um exame de fezes”, afirmou.

Onete disse que a equipe vai buscar a identificação por meio de impressão digital, se for possível, comparação da arcada dentária, ou busca de sinais particulares, de acordo com informações obtidas junto à família, além da reconstituição do rosto e dos restos mortais, que serão limpos e hidratados. Onete acrescentou que outras famílias com pessoas desaparecidas também devem buscar informações sobre os corpos encontrados.

O diretor, que também é médico legista, disse que ainda não havia condição de afirmar se o estado dos cadáveres oferece condição para se obter a identificação pelos métodos tradicionais. “Somente a equipe de especialistas poderá determinar a condição dos corpos para identificação. Somente após encerrar essas alternativas iremos recorrer ao DNA, como último recurso”.

Onete explicou que membros da família fizeram um reconhecimento prévio das roupas das vítimas, o que não era suficiente para confirmar a identificação dos restos mortais.

Senhas

Todo o cuidado é pouco em relação a seus códigos secretos

As senhas são elementos fundamentais na era digital. Afinal, na maioria das vezes, é por meio delas que se tem acesso a informações confidenciais, correspondências sigilosas e contas bancárias.
No entanto, a evolução dos processadores e a utilização de supercomputadores capazes de realizar milhares de operações em poucos segundos faz qualquer senha correr o risco de ser quebrada. Por isso, todo o cuidado é pouco em relação a seus códigos secretos.
A Cert.br, entidade que controla os domínios no Brasil, criou uma cartilha de segurança digital (http://cartilha.cert.br), e entre os temas abordados estão dicas de especialistas para elaborar uma senha.
Um grande erro apontado pela cartilha é escolher nomes, sobrenomes, números de documentos, placas de carros, números de telefones e datas. Esses dados podem ser obtidos com facilidade por pessoas mal-intencionadas. Palavras que fazem parte de dicionários também são proibidas, já que alguns programas de hackers testam termos de listas de palavras e nomes.
Os especialistas garantem que uma das melhores maneiras de se prevenir é misturar números e letras, nas chamadas senhas alfanuméricas. O Cert.br também indica senhas com letras maiúsculas e minúsculas, e sinais de pontuação.
Outra importante recomendação é a troca constante de senha. O ideal é que seja feita a cada dois meses, pelo menos. Utilizar senhas diferentes, uma para cada local, também é importante. Afinal, isso atenua os prejuízos causados se alguém descobrir uma delas.
Além de segura, a senha deve ser de fácil memorização. Uma boa opção é utilizar uma frase qualquer e escolher a primeira, segunda ou a última letra de cada palavra. Se o usuário encontrar dificuldades em memorizar uma senha forte, é mais indicado anotá-la e guardá-la em local seguro, do que utilizar uma senha mais fraca.